AppleTela do iPhone 13 pode ter a maior taxa de atualização de sua história

Filipe Salles2 semanas atrás7 min

O USPTO (United States Patent and Trademark Office), aprovou uma patente da Apple que pode fazer com que a tela do iPhone 13 tenha a maior taxa de atualização de sua história. Até hoje, o iPhone tem ficado para trás nesse sentido. Hoje, os iPhones mais recentes possuem tela com taxa de atualização de 60Hz, incluindo a linha iPhone 12., que é um grande sucesso de vendas (com exceção do iPhone 12 Mini).

Rivais como o Galaxy S21, por exemplo, já possuem telas com o dobro dessa taxa de atualização. A Xiaomi pretende até mesmo incluir telas de 120Hz em uma de suas linhas de celulares baratos, por exemplo. Até hoje, apenas a tela do iPad Pro mais recente conta com 120Hz entre os aparelhos da Apple. Mas essa nova patente pode fazer com que o iPhone se torne a próxima referência em taxa de atualização nas telas.

Como funciona essa nova tecnologia?

Como falamos ontem, essa patente registrada nos Estados Unidos é relacionada a telas com taxa de atualização variável, e não é nenhuma novidade no mundo dos smartphones Android. Uma tela com taxa de atualização variável não possui um valor fixo durante o uso. Um smartphone com esse tipo de tela, por exemplo, pode ter um valor mínimo, que é usado em tarefas corriqueiras.

Ao ligar jogos de celular ou aplicativos de streaming como Netflix ou Disney+, por exemplo, essa taxa de atualização pode ser multiplicada por duas, três ou até quatro vezes, dependendo da necessidade. Isso significa que o iPhone 13 pode ter 60Hz normalmente, mas, ao executar esse tipo de tarefa, a taxa de atualização pode chegar até 240Hz, algo só visto em monitores gamers.

É importante mencionar também que a tecnologia não servirá apenas para o vindouro iPhone 13. Como ela está relacionada a telas e não a um celular específico, nada impede que ela seja aplicada em outros aparelhos da companhia, como o já mencionado iPad Pro ou o Apple Watch, entre outros.

Por que é importante que o iPhone 13 tenha alta taxa de atualização?

Não apenas uma forma de se atualizar e se adequar ao que as rivais já fazem, a Apple parece ter olhado de maneira mais favorável para os games nos últimos anos. Prova disso é o Apple Arcade, serviço de assinatura de jogos premium semelhante ao Game Pass do Xbox. Lembrando que a rival também possui seu próprios serviço, o Google Play Pass.

Ter o iPhone 13 com uma taxa de atualização melhor significa fazer com que esse nicho de usuários olhe com mais carinho pela Apple, especialmente os mais competitivos. Afinal de contas, a taxa de atualização nada mais é que o ritmo no qual a tela atualiza as informações.

Quanto maior, mais rápido e fluído os jogos parecerão. O fato de a Apple registrar uma patente relacionada a essa tecnologia pode ser um aceno a esse público em sua próxima geração. Alternativamente, nada impede dela aplicar essa tecnologia apenas em seus tablets, como acontece com o iPad Pro.

Via Patently Apple.

Imagem: Denis Cherkashin / Unsplash