Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Imagine que legal ter acesso a diferentes aplicativos e jogos sem anúncios ou compras internas? Pois é, agora isso já é possível, graças ao lançamento do Google Play Pass no Brasil.

O Google anunciou que a novidade, disponibilizada para usuários de Android, terá assinatura de apenas R$ 9,90 por mês (ou R$ 89,99 ao ano) e dará acesso a mais de 650 títulos, que poderão ser localizados facilmente por abas.

publicidade

A ideia da empresa é que, mensalmente, novos apps e jogos sejam adicionados ao Google Play Pass. A plataforma que foi lançada oficialmente nos Estados Unidos em setembro de 2019, acaba de ser disponibilizada na América Latina para o Brasil, Chile, Colômbia, México e Peru. Além disso, também receberam o serviço a Rússia e a Arábia Saudita.

10 dias grátis

“O Google Play Pass incentiva as pessoas a experimentar coisas novas, que elas não conheceriam de outra maneira”, diz Maria Sayans, CEO da Ustwo Games e porta-voz da novidade. O interessante é que, antes de optar pelo pagamento mensal ou anual, o usuário pode fazer um teste gratuito por dez dias. Dessa forma, ele poderá experimentar as funcionalidades da plataforma.

Para a família

Assim como acontece com as plataformas de streaming, a assinatura do Google Play Pass no Brasil pode ser compartilhada com até cinco pessoas da mesma família. O acesso à conta é individual e existem ajustes de privacidade em relação aos aplicativos baixados por cada usuário.

No Brasil, a novidade está disponível já nesta semana e quem estiver interessado no Google Play Pass, basta abrir o app da Play Store, clicar no menu no alto, à esquerda, e procurar Play Pass.

publicidade

Foto: Ketut Subiyanto / Pexels

Via Olhar Digital e Google.