Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A Samsung revelou nesta terça-feira (12/01) que lançará uma nova GPU em parceria com a AMD para a próxima linha de flagships. O anúncio foi feito durante o evento de lançamento do Exynos 2100, novo processador que acompanhará algumas versões dos Galaxy S21.

Um rumor sobre a parceria entre as empresas pairava pela indústria desde 2019, mas sem informações sobre qual seria o objetivo das marcas. A figura mudou com o pronunciamento de Inyuo Kang, presidente da Samsung System LSI Business que revelou o desenvolvimento de uma nova geração de processadores gráficos para smartphones.

publicidade

Nos últimos anos, a AMD conquistou mais espaço entre o público gamer graças às placas de vídeo Radeon e aos processadores Ryzen, que além de serem mais baratos que os processadores da Intel, também possuem desempenho aprimorado para jogos.

Embora não tenha entrado em detalhes, a Samsung divulgou que planeja inserir a GPU desenvolvida pela AMD nos flagships que virão em um futuro próximo. Isto pode ser logo após o Galaxy S21, se tratando das novas versões dos Galaxy Note e Z Fold 3, ou mesmo de uma linha totalmente nova com foco no público gamer.

No entanto, também há possibilidades de que o projeto referido por Inyuo Kang seja o sucessor do Galaxy S21 na linha S. Neste caso, não veremos a GPU em funcionamento antes de 2022.

Exynos 2100, novo processador para flagships da Samsung

Exynos 2100 foi divulgado nesta terça-feira (12/01). Durante evento, presidente da Samsung falou sobre o futuro dos processadores da empresa. Divulgação: Samsung

Samsung e Qualcomm querem aproximar smartphones aos desktops

O interesse da Samsung  fechar parceria com a AMD para aprimorar os seus chipsets também está relacionado a experiência dos celulares estar cada vez mais próxima aos computadores de mesa. No ano passado, durante a divulgação do Snapdragon 888, a Qualcomm também declarou que a nova geração de processadores possibilitará partidas a 144 fps e o suporte para drivers atualizáveis, como já acontece nos desktops.

publicidade

Outro detalhe que torna a parceria entre Samsung e AMD ainda mais interessante é a popularização de processadores baseados na arquitetura ARM. Fato impulsionado pelo lançamento do M1 nos novos MacBooks, que possibilitou que a criação de um sistema mais próximo e com o compartilhamento de aplicações entre Macs e iPhones pela Apple.

Assim, o que podemos ver no futuro é uma experiência de usuário aprimorada pelas mesmas soluções em diversas plataformas, como smartphones, computadores e outros dispositivos.

Via Sam Mobile