Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Apesar dos rumores que apontavam um lançamento esse mês, a Samsung confirmou a data de lançamento do Exynos 2100 para 12/01/2021. Assim, ele será apresentado oficialmente dois dias antes do evento de lançamento dos novos Galaxy S21, que terão versões com os processadores. Ainda não há informações sobre o horário do evento.

O anúncio foi feito na conta oficial da marca da Samsung no Twitter, com uma mensagem bem clara “um novo Exynos está chegando”, seguida da data.  Além do lançamento do Exynos 2100, o fato da fabricante ter preparado outro evento no mês de janeiro, pode indicar que outras novidades serão apresentadas.

publicidade

Recentemente a Samsung divulgou o lançamento do Samsung Game Driver – um aplicativo que promete atualizar os drivers de GPU dos seus chipsets de maneira semelhante ao que a Qualcomm já realiza com seus processadores Snapdragon. Além disto, o Google e Qualcomm também divulgaram recentemente uma parceria para aumentar o suporte de atualizações ao Android.

Assim, além do lançamento do Exynos 2100,  podemos esperar novidades que vão além da apresentação do hardware, mas também indicarão o futuro da empresa no dia 12 de janeiro.

O que sabemos até agora?

A Samsung aparenta estar satisfeita com a nova geração de processadores Exynos. O Exynos 990, modelo antecessor e que integra os Galaxy S20 em países como o Brasil, sofreu com críticas de parte da comunidade por ser inferior ao Snapdragon 865, modelo equivalente para as versões internacionais do aparelho.

Tudo indica que o Exynos 2100 terá seu núcleo principal Cortex-X1 rodando a 2,91 GHz, enquanto os núcleos Cortex-A78 e Cortex-A55 aumentam a 2,81 GHz e 2,21 GHz, respectivamente. Se o evento de janeiro confirmar estas informações, o aparelho pode ser mais rápido que os 2,84 GHz do Snapdragon 888.

Este seria o primeiro passo para que a Samsung se separe da Qualcomm em breve. O interesse da fabricante estaria relacionado ao seu modelo de negócio, que como o da Apple, procura se tornar cada vez mais independente das vendas de hardware.

O que esperar do evento?

A Samsung nunca foi muito clara sobre os motivos que a fizeram dividir seus aparelhos entre aparelhos com Exynos ou Snapdragon. Embora o mais provável seja uma questão de custos, barateando a produção para mercados onde o produto já é muito alto, a empresa também alega que a escolha envolve a tecnologia de conexão dos países, de modo que o Snapdragon se adaptaria melhor aos mercados em que a telefonia é mais desenvolvida, como a Ásia e os Estados Unidos.

O anúncio do novo modem X60 5G feito pela Qualcomm indica uma versatilidade ainda maior para os aparelhos com Snapdragon que passarão a se adaptar com as mais diversas tecnologias de conexão.

Além disto, embora seja imperceptível para a maioria dos usuários, aqueles que costumam a utilizar toda a capacidade dos aparelhos costumam se queixar que dispositivos com Exynos esquentam e consomem mais bateria que as suas versões com Snapdragon. Assim, é provável que a Samsung esteja preparando uma apresentação detalhada sobre o desempenho dos Exynos 2100, com demonstrações sobre conectividade 5G, além da sua performance para aplicações e games do Galaxy S21.

A gente vai cobrir tanto a apresentação do Exynos 2100 no dia 12/01, quanto a da linha Samsung Galaxy S21, no dia 14/01. Os Galaxy S21+ e o S21 Ultra, que estão entre os mais aguardados para o primeiro semestre de 2021, tiveram o seu preço divulgado nesta sexta-feira (18/12).

Via GSM Arena