Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Como esperado, foi lançado hoje em um evento especial o novo processador Exynos 2100 da Samsung, fabricado no processo EUV de 5nm da empresa. O Exynos 2100 será a alma da nova linha Galaxy S21 que chega depois de amanhã, ainda que uma alma compartilhada com o Snapdragon 888. Como já é tradição da Samsung, a linha S21 terá modelos com o novo processador lançado hoje e também com o 888, lançado mês passado pela Qualcomm.

Expectativas tão altas quanto o desempenho

As expectativas da Samsung para seu novo chip são altas, inclusive alguns testes mostram que ele pode realmente fazer frente ou até mesmo superar o velho rival Snapdragon. A empresa conta que o Exynos 2100 é o processador mais poderoso que eles já criaram. Ele conta com uma CPU com um Cortex-X1 rodando a 2,9 GHz, três núcleos Cortex-A78 e quatro Cortex-A55, em uma estrutura tri-cluster. A GPU é uma Mali-G78 de 14 núcleos, com as APIs Vulkan e OpenCL, e uma melhora prometida de 40% em desempenho gráfico.

publicidade

Segundo a empresa sul-coreana, em uma comparação com o Exynos 990 de 7nm, o novo chip EUV de 5nm tem um ganho de 19% em desempenho single-core (núcleo único) e 33% em multi-core. Segundo a Samsung, o consumo de energia é até 20% menor e o desempenho geral 10% maior, ou seja, algo bem promissor.

Um chip FinFET com litografia EUV, mas, o que é isso?

Assim como o recente Exynos 1080, esse é um processador feito no processo FinFET (Fin Field-effect Transistor) com litografia EUV (Extreme Ultraviolet, ou ultravioleta extremo). Esse design otimiza o espaço entre os transistores, aumentando assim o desempenho e a eficiência energética. 

Exynos 2100, novo processador para flagships da Samsung

26 trilhões de operações por segundo

Além disso, a Samsung se orgulha da engine de inteligência artificial do novo Exynos 2100, a NPU tri-core, e o fato de que ela é capaz de realizar 26 trilhões de operações por segundo (TOPS, ou Tera Operations Per Second). A Samsung também diz que as habilidades de IA do novo processador também ajudam e muito as câmeras, identificando a pessoa, paisagem ou objeto que estão sendo fotografados ou gravados, e o processador ajusta as configurações da câmera como necessário para capturar aquela cena.

publicidade
Câmeras de 200 MP

O processador de sinal de imagem avançado (ISP, ou Image Signal Processor) do novo Exynos 2100 tem suporte a seis câmeras e uma resolução máxima de 200 MP, o que sabemos, está nos planos da empresa. Com o processador, os smartphones poderão não só tocar vídeos com resolução 8K e HDR10+ em suas telas, mas também gravá-los em suas câmeras.

Usando o processador de quadro (MCFP), o ISP do Exynos 2100 pode combinar imagens de várias câmeras em tempo real para melhorar o zoom ou a qualidade de uma foto panorâmica, por exemplo. e muito mais.

5G sub-6 GHz e mmWave

Com modem 5G integrado, o Exynos 2100 vai funcionar com redes 5G sub-6 GHz e mmWave, e permitirá downloads de até 7,35Gbps (em redes mmWave) ou 5,1Gbps (em sub-6 GHz). 

Quer assistir ao evento de lançamento? É só clicar abaixo.
https://youtu.be/qcBqg6Y_cnw?t=35

Mais informações no site Samsung Newsroom Brasil.  

Via GSMArena