AplicativosNotíciasSignal ganha suporte a figurinhas e papeis de parede

Henrique Darlim1 mês atrás6 min

Entraram no ar hoje (28/01) algumas mudanças no Signal, permitindo o uso de figurinhas e papeis de parede customizados. A atualização, disponível desde a semana passada na beta do app, certamente tem relação com a atual polêmica envolvendo o WhatsApp e a consequente migração de seus usuários para outros apps de mensagens.

Embora o cofundador do Signal tenha garantido recentemente que não pretendem substituir o WhatsApp, pode ser que o enorme sucesso do app, inclusive recomendado pelo Elon Musk, tenha causado uma mudança de perspectiva.

As novidades da atualização

Até então, em relação aos papeis de parede, o Signal possuía somente duas opções. Se fosse escolhido o modo noturno, o fundo ficava totalmente preto; caso contrário, o fundo permanecia branco. Obviamente, isso destoava bastante da customização expressiva oferecida pelo WhatsApp, encontrada também em apps como o Telegram.

Agora, o usuário poderá escolher qualquer imagem como papel de parede e, se quiser, escolher uma imagem para cada chat individualmente. Isso pode ser feito tanto nas ferramentas do app, para definir um papel de parede geral, quanto clicando em um chat específico. Como de costume, o Signal mostra uma prévia de como vai ficar o papel de parede no chat.

Além disso, caso o usuário opte pelos papeis de parede nativos e escolha o modo noturno, o fundo do chat ficará levemente mais escuro.

Outra novidade dessa atualização do Signal, além do papel de parede, são as figurinhas. Entretanto, para infelicidade daqueles que esperavam criar suas próprias figurinhas, o Signal ainda não oferece chances para os usuários exercerem sua criatividade nesse sentido. Ou seja, vai ser preciso se contentar com as figurinhas padrão presentes no app. Uma boa notícia é que um dos pacotes de figurinhas, “Day by Day”, é animado e conta com 24 figurinhas bem diversificadas.

Recurso pode ser usado como status

Por fim, o app incluiu uma seção Sobre na aba Perfil, com o objetivo do usuário contar um pouco sobre si mesmo. A seção já era padrão nos outros apps e, embora tenha demorado, finalmente chegou ao Signal. Você pode editá-la colocando um emoji de sua escolha — teoricamente aquele que mais te representa — e escrevendo sucintamente sobre você.

É possível, aliás, usar essa nova função como uma espécie de status. Quando não quiser ser incomodado, por exemplo, basta escrever “Ocupado” na descrição. Assim, pelas descrições ficarem salvas, você poderá usá-la sempre que estiver ocupado — ou mesmo escrever “Online” e deixar ali para indicar que está livre.

Com a crescente disputa pelos usuários entre os apps de mensagens, podemos com certeza esperar por inúmeras inovações no futuro, não se limitando somente ao Signal.

Via Android Police