Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Após os investimentos realizados em uma fábrica para telas, em 2020, a Samsung segue como uma das líderes em fabricação de telas para smartphones e deve ser a principal fornecedora de telas 120Hz LPTO dobráveis ao mercado em 2021. De acordo com o leaker Ross Young, além dos já previstos Samsung Galaxy Fold 3 e Z Flip 3, que chegam ao mercado em 11 de agosto, o Google, Oppo, Vivo e Xiaomi estariam planejando o lançamento de dispositivos com peças da Samsung.

Em seu Twitter, o Leaker declarou que a Samsung estaria planejando telas LTPO de 120Hz dobráveis entre 7 e 8 polegadas para outras fabricantes:

publicidade

O que é a tecnologia LTPO

A sigla LTPO (Low-Temperature Polycristalline Oxid) se refere a uma tecnologia de painel que integra telas de OLED e AMOLED e permite uma taxa de atualização mais alta sem a necessidade de componentes adicionais a GPU do aparelho, elas também permitem aos smartphones a utilização dos recursos “Always On Display”, em que o dispositivo nunca desliga a sua tela, apenas diminui a luminosidade dando ao usuário a impressão de que está apagada. Esta tecnologia possibilita um uso menor da bateria dos dispositivos.

publicidade
Tecnologia pode estar presente no iPhone 13

Além das fabricantes de smartphones Android, nos últimos meses, surgiram rumores de que a Apple também deve adotar as telas da Samsung de 120Hz no próximo iPhone 13. Um novo rumor, publicado nesta segunda-feira (19/07) fortalece esta teoria.

A expectativa perante os usuários de iOS, também é antiga. A Apple cogita adotar telas com Always On Display na sua linha de smartphones desde o iPhone X, em 2017, quando lançou o Apple Watch 4 com o recurso, chamado pela empresa de Sempre Ativo. No entanto, o recurso só chegará ao celular agora, graças ao apoio da tecnologia dos novos processadores A15 Bionic que acompanharão o aparelho.

Via Pocket-Lint

Imagem: Mika Baumeister/Unsplash