Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Enquanto muitos vazamentos buscam antecipar os recursos do iPhone 13, o portal Digitimes revelou que a produção do processador Apple A15 será iniciada antes do previsto. Isso significa que o chip atendeu aos objetivos da Maçã, e agora entrará em fase de produção em larga escala para garantir bons estoques até o lançamento dos smartphones que equipará.

Produção em massa do A15 para iPhone 13 antecipada

A TSMC iniciará a fabricação comercial no final de maio, antes do previsto no cronograma oficial. A notícia, assim, seria boa, uma vez que em 2020 a disponibilização dos iPhone 12 só começou em outubro, em virtude da pandemia. O evento de oficialização, nos planos de Tim Cook, seguiria agendado para setembro. Ainda não sabemos quase nada sobre o que o Apple A15 deverá oferecer, mas a julgar pelo histórico da Apple, teremos um novo salto de desempenho, acompanhado por melhorias na duração da bateria.

publicidade

Como o chip repetirá o processo de 5nm, não é esperado que, ao menos em consumo energético, ele traga gigantescas melhorias. Mesmo assim, essa litografia já oferece ganhos bem satisfatórios em comparação com chips de 7nm, por exemplo.

Sendo assim, a Apple pode estar respirando aliviada já que a antecipação da produção massiva do processador A15 mostra boa adaptação das suas parceiras em tempos de crise sanitária. Além disso, a gigante de Cupertino pode estar reservando para o iPhone 13 bem mais que um chip novo: já vimos um notch menor vazar, a possibilidade de telas com altas taxas de atualização, e ainda um novo acabamento fosco para a linha, além da manutenção de um modelo Mini. O que será que Tim Cook nos reserva para setembro?

Via MacRumors

Imagem: Bosca78/iStock

publicidade