Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A Apple vem buscando inovações em diversas áreas para continuar a evoluir seus celulares. A novidade para o iPhone de 2021 pode ser em um display always-on (que mostra informações mesmo quando desativado). A tecnologia que tornará isso viável também significará economia de bateria. 

Essas informações são do site TheElec, um portal coreano com leaks do mundo da tecnologia e dos smartphones. Segundo as informações, a Apple está se preparando para criar um novo tipo de display com o popular OLED e o exclusivo LTPO. A combinação das duas tecnologias já foi utilizada no Apple Watch Series 5 e faz parte do “segredo” para a tela sempre ativa.

publicidade
Display que não desliga

Criado pela Apple, o LTPO (low-temperature polycrystalline oxide) é uma camada de transistores que fica acoplada embaixo da placa OLED (organic light emitting diode), formando assim o display. A interação das duas tecnologias reduz o consumo da bateria do visor de 10 a 20%. 

Porém, o grande trunfo dessa combinação é a possibilidade de proporcionar ao iPhone em 2021 o display sempre ativo. Mas o smartwach que vem com a tecnologia aponta para outros itens que podem estar associados à economia, dentre eles um circuito integrado de gerenciamento eficiente de energia.

O display always-on garante economia de bateria justamente por ficar ligado direto. A tela reduz para a intensidade de energia durante o período inativo, reacendendo sutilmente para uso. 

Processo de transição.

Vale lembrar que o uso de LTPO e OLED foi introduzido no Apple Watch Series 4 que não tinha o display always-on. A tecnologia foi atualizada no relógio sucessor. Então, pode-se contar com a possibilidade que a transição ocorra também no iPhone, já que o vazamento informa que a LG irá produzir o display do iPhone para 2021 e 2022.

publicidade

Via: 9to5mac