Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Primeiramente, a resposta é não, celular não gasta muita energia. É sempre muito importante termos cuidado com o quanto estamos gastando em eletricidade, para no final do mês não termos aquela surpresa desagradável na conta de luz. Principalmente nos tempos atuais, de pesados aumentos seguidos na tarifa, mas o celular está longe de ser o grande vilão nessa história.

Para sabermos aproximadamente o quanto se gasta de energia com o telefone, calculamos que, em média, um aparelho precisa de uma carga por dia, considerando um uso comum do smartphone. Apesar de haver baterias com diferenças em mAh (miliampere/hora) conforme modelo e marca de smartphones, no final dos cálculos, a diferença no consumo de energia entre um aparelho e outro é muito pequena.

publicidade
Quanto de energia há na bateria

Cada mAh equivale a 3,6 C (coulombs, ou amperes/segundo – e transformar miliamperes/hora em amperes/segundo vai ser importante para facilitar o cálculo). Então, uma bateria de 3000 mAh (capacidade aproximada da que é comum encontrar nos celulares) possui 10800 C.

Agora, precisamos ter em mente o quanto há de energia potencial armazenada na célula de bateria, tendo como base que ela funciona sob uma tensão aproximada de 4,2 V. Resumidamente, a energia potencial da bateria de 3000 mAh é dada pela multiplicação 10800 x 4,2 (que resulta em 45.360, em Joules).

No fim das contas

A conta de luz é dada em kWh (kilowatt/hora) e cada 1 watt é igual a 1 Joule por segundo. Cada hora possui 3.600 segundos, logo, 1 kWh (mil watts por hora) é o mesmo que 3,6 milhões de Joules por hora. Fazendo a conta de quanto em kWh são 45.360 J, chegamos no valor de 0,0126 kWh para cada carga que é dada no celular (de 0 a 100%). Se o aparelho é carregado uma vez por dia, multiplicando este valor por 30, temos 0,378 kWh de participação do celular na conta de luz no final do mês.

Para termos uma ideia, uma lâmpada de 60W que fica acesa 5 horas por dia gasta cerca de 9 kWh no mês. Enquanto isso, uma geladeira de 310 litros consome mensalmente por volta de 28 kWh. No caso de um chuveiro de 5.500W, uma pessoa que toma um banho de 10 minutos por dia vai ter usado ele 5 horas no mês, que são 27,5 kWh na conta de luz. Então, definitivamente, o celular não gasta muita energia. Podemos usar esse nosso companheiro à vontade.

publicidade

Imagem: Karolina Grabowska/Pexels/CC