Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Desde o fechamento definitivo do antigo Google Play Music, a plataforma de streaming de músicas do YouTube vem testando algumas funções nos últimos meses, como o modo de biblioteca de músicas, com o objetivo de atrair mais usuários. Agora, o YouTube Music acaba de atingir a marca de 1 bilhão de instalações na Play Store. O serviço foi lançado há mais de 5 anos (em 2015) e começou a ganhar força quando expandiu para outros países além dos Estado Unidos.

Para quem ainda não conhece, o serviço de músicas do YouTube funciona através de planos gratuitos e pagos disponíveis no Android, no iOS e em navegadores (Windows, Linux e macOS). O gratuito claro, possui recursos mais limitados e interrupções, como por exemplo: Só conseguir ouvir músicas online e ter exibição de propagandas durante os intervalos entre uma música e outra. Já no plano pago, você consegue assinar com o primeiro mês grátis, assim, depois do termino do teste, você começa a pagar R$ 16,90 nos próximos meses. Com essa assinatura, você tem acesso a conteúdos sem interrupções e até consegue ouvir as músicas de maneira offline.

publicidade
Crescimento exponencial

Vale lembrar que esse número atingido pela plataforma é bem significativo, visto que ainda em setembro do ano passado, o YouTube Music chegou na casa das 500 milhões de instalações, ou seja, em quase 9 meses, o serviço dobrou o número de usuários. Esse crescimento do YouTube Music que o fez chegar a 1 bilhão de instalações só na Play Store, se deve muito ao fato de que plataforma desativou completamente o antigo serviço Google Play Music. Assim, quando os usuários entravam para ouvir suas músicas, se deparavam com a mensagem que o app foi desativado e que a partir de agora, para utilizar os serviços de músicas do Google, teriam que instalar o YouTube Music.

É claro que muitas pessoas que receberam essa mensagem optaram por migrar para outras plataformas de streaming de músicas como Spotify, Deezer, Apple Music e Amazon Music, mas boa parte dos usuários continuaram fiéis ao Google e adquiriram o YouTube Music. Você provavelmente já recebeu a notificação de que o Google Play Music foi desativado definitivamente, por isso, veja como sumir (para sempre) com app do seu smartphone.

Via Android Police

Imagem: Alexander Shatov/Unsplash/CC

publicidade