Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Sabe o Google Play Music, aquele app que já foi “morto e enterrado” há quase meio ano, mas ainda está lá na raiz e, talvez, perdido no meio de sua lista de aplicativos no smartphone? Então, graças a uma nova atualização, agora você pode, (e deve, já que não há razão para mantê-lo), se livrar dele de uma vez por todas, e fazê-lo desaparecer para sempre do seu celular.

O Google disponibilizou uma atualização que permitirá aos usuários ocultar o aplicativo ou, então, desinstalá-lo, algo que não era possível até esta quinta-feira (08/04), por mais que você tentasse. Para “exorcizar” seu telefone do Google Play Music, que teve seus dias de glória, no entanto, primeiro é necessário atualizar o app para a versão 8.29.9112-1.W, caso ainda não seja esta a que está pré-instalada no smartphone.

publicidade
Processo longo

O processo para se livrar do falecido app não é tão rápido quanto deveria, conforme constatou a reportagem do VC. Feita a atualização necessária, aparecerá na tela a mensagem “Google Play Music não está mais disponível”, seguida da sugestão para o usuário migrar ao YouTube Music, aplicativo com funções aprimoradas e, claro, pago, ao contrário do agora extinto player do Google (uma das versões, pelo menos, era gratuita).

Querendo ou não migrar para o YT Music, o usuário poderá, então, optar pela melhor forma para liberar espaço em seu Android: “Ocultar aplicativo”, “Excluir todos os dados locais” ou “Abrir informações do aplicativo”. Nesta última está, finalmente, a opção de desinstalar o inútil app do Google, que insistia em aparecer em sua lista.

Para quem estava acostumado com o Google Play Music, e ainda não se acostumou com o YT Music, mesmo após seis meses sem utilizar o app antigo, alguns pontos merecem atenção: o primeiro é que o YT Music não toca músicas locais de seu celular, caso você ainda tenha o hábito de armazenar MP3, a não ser as músicas que você subir para ele. Dois, o YT Music não funciona com o celular fechado, exceto se você comprar a versão premium.

Via Android Community

publicidade

Imagem: Olhar Digital