Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Depois de ser lançado para Android TV e ter uma loja com produtos dos artistas, o Amazon Music ganhou um novo recurso para os motoristas. O modo carro foi lançado recentemente para os assinantes do Amazon Music. A nova função está disponível para smartphones com os sistemas operacionais Android e iOS, e fornece uma interface mais simples e automatizada ao usuário.

O recurso funciona de maneira simples: assim que o usuário conectar seu smartphone ao veículo usando o Bluetooth, cabo ou USB, ele visualizará a tela do aplicativo com controles mais simplificados e letras maiores (para facilitar a leitura). Além disso, o comando de voz da assistente virtual Alexa também será compatível com o serviço. A empresa avisa que em breve, os podcasts também estarão disponíveis no modo carro.

publicidade

Segundo a própria Amazon, esse modo tem o objetivo de “limitar a navegação extensiva ao dirigir” e faz uma ressalva para quem deseja utilizar o recurso, ele não deve ser usado no volante. Nas palavras da Amazon: “não interaja com este aplicativo enquanto opera seu veículo”. Ainda na nota de segurança, a empresa reforça que o descumprimento disso pode causar ferimentos graves, morte ou danos materiais irreparáveis. Então, talvez a maneira mais segura de usar o serviço seja através do comando de voz da Alexa, diminuindo a probabilidade de acidentes.

Apesar de ser iniciado automaticamente quando conectado via Bluetooth ou cabos, o motorista poderá entrar e sair do recurso a qualquer momento. Vale ressaltar que o novo modo carro do Amazon Music está disponível em todos os tipos de assinaturas para dispositivos com sistemas Android (v17.7.4 e superior) e iOS (v10.7.0 e superior).

Via Digital Trends

publicidade