Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

O Clubhouse acaba de anunciar os vencedores de um concurso que vai render a produção de 50 pilotos de programas de áudio para a plataforma. As inscrições para o chamado “programa de aceleração” começaram em março, e os pilotos estreiam ao vivo pelo Clubhouse HQ a partir do dia 10 de maio.

Para criar os pilotos, os produtores de conteúdo vão receber uma bolsa de US$ 5 mil por três meses, equipamentos e apoio criativo. Os programas que mais chamarem a atenção do público podem assinar um contrato de longo prazo com a plataforma.

publicidade

Segundo o Clubhouse, o programa visa “apoiar novas vozes com ferramentas e recursos para liberar sua criatividade na nossa plataforma. O objetivo é garantir que os próprios criadores tenham controle completo e a propriedade sobre sua produção criativa”.

Produções de áudio originais do Clubhouse são de vários países

O Clubhouse disse que os pilotos dos programas de áudio incluem produções dos EUA, Reino Unido, Indonésia, Argentina, Canadá, Colômbia e Japão. O Brasil não foi citado no release da empresa. “Sejam quais forem os seus interesses – de esportes a espaço, de médiuns a psicodélicos, de história a saúde – tem algo para todo mundo” quanto aos temas dos pilotos, diz o anúncio.

A plataforma de programas de áudio ao vivo Clubhouse explodiu em popularidade no final do ano passado, contando com participações de grandes nomes como Elon Musk e Mark Zuckerberg. Mas desde fevereiro, os downloads do app, ainda disponível só para iOS e sendo apenas testado para Android, caíram 91%.

Considerando tudo isso, e enquanto outras companhias tentam abocanhar uma fatia de seu mercado, o sucesso dos criadores de conteúdo dentro de sua plataforma é o que vai ditar o futuro do Clubhouse. É bom lembrar que essa semana, o Twitter liberou a criação de salas de áudio para qualquer usuário com mais de 600 seguidores.

publicidade

Via The Verge

Imagem: Josh Rose (Unsplash)