AplicativosNotíciasElon Musk e Mark Zuckerberg participam de chats no Clubhouse

Marina Schnoor4 semanas atrás7 min

No domingo passado e depois na quinta, Elon Musk e Mark Zuckerberg bateram um papo com os apresentadores do Good Time Show no app Clubhouse. Para quem não está familiarizado, o Clubhouse é um aplicativo de chat em áudio que você só pode acessar se for convidado, bem ao estilo do começo do Orkut. Musk e Zuckerberg discutiram tecnologia, previsões e muito mais, e deram muito o que falar, segundo a cobertura do Cnet.

Elon Musk anima qualquer festa

Em seu bate-papo, Elon Musk foi tão Elon Musk quanto era de se esperar. Em 90 minutos de conversa, o namorado da Grimes conseguiu discutir viagens para Marte, macacos jogando videogame, Dogecoin e Cobra Kai. Os chats do Clubhouse têm um limite de 5 mil participantes, mas quando a sala lotou, empreendedores do YouTube e servidores do Discord entraram na jogada, então bem mais pessoas puderam ouvir Musk o que disse.

Sobre Marte, Musk acredita que poderemos colocar pessoas no planeta vermelho em “cinco anos e meio”. Mas o CEO da SpaceX fez questão de acrescentar que precisamos conseguir vários avanços tecnológicos para levar humanos para outro planeta. “A coisa mais importante é estabelecermos Marte como uma civilização autossustentável”, ele disse.

No Clubhouse, Elon também disse que sua equipe conseguiu colocar um implante Neuralink no cérebro de um macaco, e que o animal consegue “jogar videogames com a mente”. Musk não forneceu nenhuma prova sobre o avanço do projeto, mas disse que vídeos seriam divulgados em cerca de um mês. É esperar pra ver.

Falando sobre a Dogecoin, uma criptomoeda baseada num meme teve um pico de 300% em seu valor com o caos do WallStreetBets do Reddit, Musk brincou: “Sem dúvida o resultado mais interessante, o resultado mais irônico, seria se a Dogecoin se tornasse a moeda da Terra no futuro”.

Fora tudo isso, Elon disse que Cobra Kai, a série da Netflix baseada em Karatê Kid, “It’s such a sick burn” (o que eu traduziria como “uma grande zoeira”). E para o CEO da Tesla, O Guia do Mochileiro das Galáxias é “um livro de filosofia disfarçado de um livro humano bobo”.

Zuckerberg não teve o mesmo apelo que Musk

Já o chat do chefão do Facebook, Mark Zuckerberg, na quinta não foi tão revelador. A coisa mais digna de nota que ele discutiu foi sobre os avanços do Reality Group da companhia em tecnologia de realidade virtual e realidade aumentada para trabalho remoto. “Deveríamos estar nos teleportando, não nos transportando”, teria dito Zuckerberg.

Alguns críticos apontaram que os apresentadores do The Good Time Show podem ter o rabo preso com a Big Tech. Ellen Pao, ex-CEO de social media do Reddit, tuitou na quinta: “Executivos do FB participando de programas no Clubhouse é uma questão de controle sobre a mensagem e evitar perguntas difíceis e a responsabilidade”. Sriram Krishnan, o apresentador, já trabalhou com o Facebook no passado. Aarthi Ramamurthy, a apresentadora é diretora de produtos do Facebook. Eles são casados.

Além de Elon Musk e Mark Zuckerberg, o Clubhouse conta com vários usuários celebridades, como o rapper Drake e o ator/guru Jared Leto.

Imagem: Montagem Vida Celular a partir de Daniel Oberhaus e Alessio Jacona/CC