Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Depois de Facebook, Twitter, Discord, Telegram e outros mais começarem a desenvolver recursos semelhantes aos do Clubhouse, agora chegou a vez do Spotify admitir que tentará pegar uma carona na onda de sucesso que o app de áudio iniciou em todo o planeta há poucos meses. O primeiro passo foi dado com a compra da Betty Labs, empresa responsável pelo Locker Room, aplicativo de áudio esportivo ao vivo.

Os executivos do Spotify veem o universo que engloba áudios ao vivo como ideal para os criadores que desejem se conectar com seu público-alvo em tempo real, seja para lançar um álbum, fazer uma pequena apresentação ou até mesmo para, literalmente, bater um papo com os fãs. Gustav Söderström, diretor de P&D (Pesquisa e Desenvolvimento) do Spotify , assegurou, no entanto, que o espaço será aberto para todos os usuários – como ocorre no Clubhouse.

publicidade

Ele diz que os criadores de conteúdo do Spotify não serão obrigados a utilizar o futuro recurso da plataforma, e que ambos os aplicativos permanecerão separados, mas alertou que a utilização da versão própria do Clubhouse do app seria “um ótimo complemento” para o que já existe disponível. “Quem sabe no futuro possamos integrar alguns desses recursos. Ou todos eles”, comentou, em tom misterioso, ao site The Verge.

“Match perfeito”

Enquanto o diretor Gustav Söderström diz que “é muito fácil imaginar as pessoas gravando seus bate-papos e, com um botão, distribuindo o conteúdo no Spotify”, o pessoal do site Celebrity Acess foi além, e projetou que a junção da plataforma com o Clubhouse seria o “match perfeito”. Em um vídeo postado no canal Music Biz, no YouTube, o apresentador James Shotwell argumentou que a junção das duas plataformas pode “marcar o início de uma nova era no consumo de músicas e bate-papos”.

O site revelou ainda que, recentemente, Daniel Ek, co-fundador do Spotify, usou o Clubhouse para um bate-papo com Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, justamente sobre o interesse pelo desenvolvimento de um novo serviço para sua plataforma. “Eu acho que há uma série de elementos diferentes do que o áudio social ou o Clubhouse são. Acho que, por um lado, você está vendo a interação entre duas ou mais pessoas conversando e, obviamente, se você pensar nos podcasts hoje, esse é o formato que está funcionando muito bem também. Não estou surpreso que os recursos sociais, usuários para usuários interagindo uns com os outros, estejam funcionando. Portanto, é um espaço interessante e é definitivamente algo em que estamos de olho”.

publicidade

Ek teria ainda, de acordo com o site, pedido aos usuários com assinaturas de streaming suportadas por anúncios no Spotify que dessem suas opiniões sobre o Clubhouse. A pesquisa terminava com um aviso de que a empresa provavelmente terá mais perguntas sobre o Clubhouse em breve. Será que vem uma nova parceria por aí?

Via The Verge

Imagem: Michi S./Pixabay/CC