Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Com o crescimento do Clubhouse, diversas outras redes sociais iniciaram uma corrida para lançar suas ferramentas de chat por áudio para competir com a nova ameaça, e uma delas é o Hotline, do Facebook. Pois é, trata-se da solução da rede do Zuckerberg, um projeto inspirado no Clubhouse, que inclusive teve as primeiras imagens vazadas. Hoje, a equipe NPE (New Product Experimentation, “experimentação de produtos novos”) anunciou o beta público dessa ferramenta. Será chamada Hotline e nem é tão Clubhouse assim.

Para a abertura dos testes, foi realizada uma demonstração de uso, na qual a equipe de desenvolvimento do Facebook contou com a participação do investidor Nick Huber. Nessa primeira apresentação, foi possível ver como funciona a plataforma que é uma mistura de sistema de perguntas e respostas por áudio, vídeo e participação do público.

publicidade
Mistura de formatos

Aparentemente, o Facebook quer fazer do Hotline um recurso que oferecesse algo diferente do Clubhouse, apesar de não conseguir esconder as semelhanças. Isso porque visualmente, ambos são muito parecidos. A plataforma Hotline é dividida da seguinte forma: no topo (ou esquerda no browser) fica o host da sala, que pode aparecer só com áudio ou por vídeo, abaixo (ou à esquerda) ficam os ouvintes que são divididos entre aqueles que estão perguntando e aqueles que estão só assistindo.

Imagem da plataforma Hotline durante uma sessão

Imagem de uma sala no Hotline (Divulgação/Hotline)

Agora é que começam as diferenças entre os dois recursos. A ideia é que o Hotline deva funcionar mais como um meio de criadores de conteúdo próximo de um formato de programa de rádio. Os participantes que estão perguntando podem enviar suas dúvidas por texto, enquanto os demais podem subir ou descer a pergunta. O host, por sua vez, pode escolher qual vai responder e, se for o caso, chamar a pessoa que perguntou para o “palco” e começar uma conversa.

Nesse sistema, aparentemente apenas uma pessoa poderá interagir com o host por vez. No momento, o participante só poderá usar o áudio, mas existe um ícone de liberar a câmera que, nessa atual fase de teste, ainda não funciona. Por fim, perguntadores e espectadores podem reagir à conversa com emojis e o host pode gravar a conversa em formato de áudio ou vídeo para disponibilizar depois.

O que deve vir por aí

A plataforma Hotline está sendo desenvolvida com auxílio de Eric Hazzard, desenvolvedor de um app de perguntas e respostas para adolescentes que foi comprado pelo Facebook. Por enquanto, o site do beta está disponível somente nos EUA e é possível fazer login via Twitter. Nessa etapa de teste, não há limite de audiência, porém só existe a opção de ficar em uma fila de espera para entrar em uma sala ou começar a sua própria.

publicidade

Segundo o portal Tech Crunch, as investidas de Zuckerberg em formatos parecidos com o Clubhouse não devem parar por aí. O Facebook Messenger deve ganhar um recurso de conversas por áudio similar ao app concorrente em breve.

Via The Verge