Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Mostrando que o Clubhouse segue fazendo escola, o Instagram oficializou novos recursos para lives que incluem desligar o vídeo e mutar participantes. A plataforma de fotos e stories foi uma das primeiras a embarcar em transmissões ao vivo no começo da pandemia, e as novas ferramentas tendem a deixar os criadores de conteúdo mais à vontade, depois que as salas ao vivo já haviam recebido possibilidades de monetização.

Isto porque a desativação de vídeo, por exemplo, pode permitir basicamente que usuários conversem exclusivamente por áudio. É válido observar que o administrador da live não pode ativar ou desativar som ou vídeo de outros participantes, sendo este um recurso que cada participante deve definir, no momento conveniente, a si mesmo.

publicidade

Outro ponto que torna o Instagram Live mais próximo do Clubhouse é que, enquanto até quatro pessoas participam de forma ativa em uma sala ao vivo, milhares, ou até milhões, podem assistir, e até interagir por comentários. É uma adaptação interessante que a plataforma promove, em uma época em que Discord, Telegram, Twitter e outras viram o potencial da tendência iniciada pelo Clubhouse.

Clubhouse e TikTok como verdadeiras inspirações

As novas opções do Instagram Live de desligar vídeo e mutar som começam a ser liberadas hoje (29) tanto no Android como no iOS. Outro esforço recente da plataforma envolveu o início da distribuição de anúncios no Reels, a versão do Instagram para o TikTok. Vale destacar que mesmo a função de stories foi iniciada lá atrás com o Snapchat, que recentemente adquiriu uma startup na tentativa de aumentar seu potencial tecnológico para novas ferramentas.

Pensa que acabou por aí? Ainda não: o serviço de Mark Zuckerberg também copiou a função de duetos do app da Bytedance. No mundo do Facebook, ela se chama Remix. A plataforma não quer ficar para trás em tendências, mesmo que precise fazer o mesmo que seus rivais fazem.

Via TechCrunch

publicidade