Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Se a inteligência artificial do Galaxy Note tivesse sentimentos, certamente estaria apreensiva para saber, de uma vez por todas, se o modelo será ou não cancelado pela Samsung em 2021. Após ver a empresa dar pistas de que o modelo do ano que vem seria o último da famosa série, mais uma reviravolta. Novas informações voltaram a apontar que ela, na verdade, será realmente desativada sem uma despedida apropriada.

A Agência Reuters divulgou uma reportagem na noite de terça-feira (1/12) citando três fontes diferentes que garantiram “não haver planos” dentro da Samsung para o desenvolvimento da linha Note no ano que vem. As fontes são todas ligadas à fabricante (e todas sob condição de anonimato).

publicidade

Famoso por ser um dos smartphones premium da empresa e por vir acompanhado da S Pen, o Galaxy Note seria cancelado em detrimento dos maiores investimentos no Galaxy S21.

Como esperado, uma das fontes afirmou ainda que a badalada caneta que acompanhava a série Note poderá ser usada tanto na linha S quanto na de telefones dobráveis, que deverá ter uma nova gama de smartphones de ponta lançados em 2021 pela Samsung. De qualquer forma, ainda não está claro se ela virá na caixa. A tendência é que ela seja comercializada separadamente, como os demais acessórios para smartphone.

Caso a S Pen venha mesmo com os produtos, a diferença pode pesar no bolso do consumidor, já que o Galaxy Note sempre foi um dos modelos mais caros da Samsung.

Dobráveis e S21 Ultra brigarão pelo espaço do Note

Como exposto pelos próprios funcionários da Samsung à Reuters, a briga no coração dos apaixonados pelo Galaxy Note após ele ser definitivamente cancelado ficará dividida em duas gamas: a composta pelos novos dobráveis e o S21 Ultra, top de linha da série S.

publicidade

A empresa sul-coreana pretende lançar, além de novos integrantes da linha Z Fold, como o Z Fold 3 e o Z Fold SE, novidades na linha Z Flip, também integrantes da linha dobrável da companhia, como o Z Flip 2 e o Z Flip Lite, este com preço bem mais acessível do que seus irmãos dobráveis.

O mais caro dos dispositivos da família Galaxy S21, que também contará com as versões S21 e S21+, pode ter algumas diferenças em relação aos seus “irmãos menores”, mas resta saber se serão suficientes para ganhar o coração de quem ficar triste pelo Galaxy Note ter sido cancelado.

A principal delas deve ser a tela de 6,8 polegadas com resolução 2K, taxa de atualização de 120Hz e a tecnologia LTPO.

Além disto, o Galaxy S21 Ultra deve ter uma bateria de 5000 mAh e um conjunto quádruplo de câmeras, com uma principal de 108 MP, além de uma grande angular de 12 MP e outras duas de 10 megapixels.

Como já citamos, tudo indica que o Galaxy S21 Ultra também terá suporte para S Pen. A Samsung planeja oferecer cases variadas que suportarão o armazenamento da caneta junto ao celular.