Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Ontem (29/07) a Motorola oficializou a família Edge 20, com preços e hardware competitivos. Um ponto fraco, porém, foi a nova política de atualizações divulgada pela empresa: os modelos receberiam apenas uma grande atualização do Android, e dois anos de pacotes de segurança, algo que não faz o menor sentido em pleno 2021. Isso vale até para aparelhos que já tinham mais atualizações previstas. [ATUALIZAÇÃO: A empresa diz que não divulgou essa nota, veja ao final]

Motorola Edge 20

publicidade

Para quem não acha esse tempo absurdamente curto, é só lembrar das principais concorrentes, que chegam a oferecer até quatro anos de suporte, mesmo para alguns intermediários, isso para não falar na Apple, que vai além (o iPhone 5s segue com atualizações de segurança, mesmo quase 8 anos depois do lançamento). A Motorola alega que sua política de atualizações avaliaria o tempo de uso dos dispositivos pelo mercado consumidor. Mas se a própria empresa deixa de suportá-los prematuramente, isto pode servir em alguns cenários para o usuário desistir de um comprar aparelho da marca.

A boa notícia é que, aparentemente, a empresa desistiu de implementar meritocracia na sua área de software, ou seja, só os mais vendidos teriam atualizações mais longevas. A Motorola informou que o comunicado anterior foi repassado de maneira imprecisa, e que exemplo disso é o compromisso com no mínimo duas grandes atualizações de sistema para a família Edge 20, com pacotes de segurança bimestrais.

Motorola segue atrás em tempo atualizações oferecido aos clientes

Amenizando o recado interior, o compromisso da empresa, se não for além do prometido, ainda fica para trás do de muitas outras rivais: Google leva quatro anos de software aos Pixel, Samsung também. Oppo tem três anos de atualizações prometidos para modelos específicos. Alguns Motorola Edge 20 se aproximam do preço de mercado que estas cobram por hardware similar e um compromisso mais robusto de software.

Vale lembrar, os Edge 20 Lite, Edge 20, e Edge 20 Pro serão lançados no Brasil, assim como o Defy 2021. Eles seguem sem data, porém, assim como precificação no mercado nacional. Por enquanto, o modelo mais avançado da empresa para 2021, lançado aqui, é o Moto G100 — que oferece Snapdragon 870 como o Edge mais avançado do anúncio de ontem.

publicidade

Via 9to5Google

ATUALIZAÇÃO, 03/08/2021, 10h20: A Motorola entrou em contato para informar que houve um mal-entendido com o Android Authority, site internacional que publicou a informação originalmente. O Android Authority retratou-se, mas dizendo que o erro foi da Motorola. Seja de quem for o erro, a Motorola informa que suas atualizações são por dois anos e o tal darwinismo de atualizações por meritocracia nunca esteve nos planos.