Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Após alguns vazamentos bem detalhados, a linha Motorola Edge 20 foi, enfim, anunciada. Veio de surpresa já que o evento para a China está planejado para o começo de agosto. Mas a marca da Lenovo se antecipou para oferecer os novos smartphones nos Estados Unidos, Europa, e outros territórios.

Começando pelo mais avançado do trio, temos o Motorola Edge 20 Pro, que além de ofertar o Snapdragon 870 com 12 GB de RAM e 256 GB de armazenamento interno, tem câmeras avançadas. Isto porque o conjunto traseiro inclui sensor principal de 108 megapixels, além de uma lente periscópica para zoom óptico de 5x (e híbrido de 50x), e ainda 16 MP para a câmera ultra-wide com macro. A frontal tem 32 megapixels de resolução.

publicidade

Motorola Edge 20 Pro

Sua bateria tem 4500 mAh de capacidade, além de recarga rápida a 30W. Com leitor biométrico na lateral, o display é um OLED de 6,7 polegadas com resolução Full HD e taxa de atualização de 144Hz.

Outro destaque do modelo é a inclusão do modo desktop, aqui chamado de Ready For. Desta vez ele abandona a necessidade de cabos, como acontece com o modo DeX em smartphones Samsung Galaxy. Basta ter uma tela compatível para utilizar a função de forma wireless.

Intermediários

O Motorola Edge 20, no que lhe concerne, chega com Snapdragon 778G com até 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento interno. São características interessantes para um intermediário que também traz zoom óptico de 3x — se assemelhando ao Galaxy A72 neste aspecto. A bateria é de 4000 mAh, também com recarga rápida de 30W, e tela idêntica em tamanho e configurações ao Edge 20 Pro.

publicidade

Motorola Edge 20

O mais simples deste anúncio, o Motorola Edge 20 Lite, traz um processador MediaTek Dimensity 720. Isto tudo ao lado também de 6 GB ou 8 GB de RAM — com 128 GB de armazenamento interno. Repetindo um sensor principal de 108 MP, o modelo traz também lentes ultra-wide com macro, e um sensor de profundidade.

A bateria é a maior do grupo: 5000 mAh, com carregamento rápido de 30W. Sua tela, porém, traz 90Hz de taxa de atualização ao invés de 144Hz. Estes dois intermediários também embutem suporte para o modo desktop da Motorola

Motorola Edge 20 Lite

Pouco compromisso com software

Outro aspecto interessante da linha Motorola Edge 20 lá fora é a precificação: a partir de 350 (R$ 2.106 em conversão direta hoje, 29/07) pelo Edge 20 Lite, 500 (R$ 3 mil) pelo Edge 20, e 700 (R$ 4.212) pelo Edge 20 Pro. Serão lançados já em agosto. Está confirmado o lançamento deles, em algum momento, na América Latina. Assim como o do Defy 2021.

Como tudo sempre tem um porém, a Motorola resolveu não optar por um compromisso razoável de software: todos os três celulares só receberão um ano de atualizações do Android, e dois de pacotes de segurança. Sem meias-palavras, isto é muito pouco quando Samsung, Google, Oppo e tantas outras oferecem um mínimo de três ou quatro até mesmo para seus intermediários.

Via GSM Arena