Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

O primeiro celular expansível da LG foi mostrado pela primeira vez no começo do ano, durante a CES 2021. O smartphone realmente parece um rpojeto revolucionário, vindo de uma empresa que havia lançado o muito ousado LG Wing. Poucos meses depois, declarações de executivos davam a entender que o projeto (e talvez toda a linha de smartphones da empresa) estava nas últimas. Se você estava no time dos frustrados, se segura na cadeira: o LG Rollable  recebeu a certificação Bluetooth SIG, o que indica que está quase pronto para ser lançado.

A menos que a LG tenha aprendido a dobrar tela nas últimas semanas, é provável que o smartphone já estivesse em fase final de desenvolvimento quando os engravatados começaram a sugerir que ele poderia não sair. Tudo pode ser uma estratégia de marketing para tentar manter os holofotes em cima do aparelho ou simplesmente uma completa trapalhada de membros da diretoria.

publicidade

E faria sentido. O fato é que o público não correspondeu às ambições da LG quando ela ousou. O LG Wing, radicalmente inovador, mas caro e com um hardware mais ou menos, acabou sendo um fracasso de vendas, com um investimento imenso em desenvolvimento. Totalizou menos de 100 mil unidades comercializadas. Se o novo projeto for outro fracasso, aí talvez o setor de celulares da LG esteja mesmo em risco.

Entenda (?)

Inicialmente surgiu a informações de que a LG deixaria de produzir smartphones intermediários e básicos, para focar em modelos premium. Nessa situação, o lançamento do LG Rollable (que certamente não vai ser barato) permaneceria, e assim que pronto, o celular seria lançado. A decisão estava baseada no fato da empresa perceber que o público não ligava para os modelos mais comuns da marca.

Pouco tempo depois, uma declaração enviada a funcionários indicava que a companhia buscava compradores para toda sua divisão de dispositivos móveis. Isso seria resultado de prejuízos consecutivos a cada trimestre desde 2015, o que teria deixado as operações do setor inviáveis.

Esse foi o ponto em que lançamento do LG Rollable foi colocado em cheque e, inclusive, vazamentos indicavam que a LG buscava formas de diminuir o prejuízo com a quebra de contrato das telas flexíveis que estavam prontas para o aparelho. Até que veio uma declaração de um porta-voz da LG ao The Verge. “Posso negar firmemente que qualquer decisão sobre produtos móveis futuros tenha sido finalizada”, disse sem citar nominalmente o LG Rollable (que apesar de ter sido anunciado ainda não teve o nome confirmado).

publicidade

Se o flexível está realmente pronto, como a certificação indica, ele pode chegar às lojas daqui a pouco. Será que, diferente de com o Wing, agora a LG consegue mesmo mudar o jogo para todos?

Via TechRadar