Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Muitas marcas queridas do público fizeram seu retorno ao Brasil nos últimos anos. Xiaomi, Huawei e Nokia são algumas delas, e esta última atua em parceria com a Multilaser. A empresa nacional monta os aparelhos da finlandesa localmente, e o mais novo projeto de ambas é o lançamento do Nokia 2.4 no Brasil.

Nokia 2.4, o basicão da HMD Global entre nós

O mercado conta agora com o sucessor do Nokia 2.3, que traz como um dos seus grandes destaques a bateria de 4500 mAh, que tinha tudo para ir longe em um aparelho modesto como esse se não fosse o processador nada econômico MediaTek Helio P22. Mesmo assim a Nokia informa que temos aqui autonomia para até dois dias. Já sobre as câmeras temos lente dupla na traseira, com sensor principal de 13 MP e um secundário — para profundidade — com 2 MP. As selfies ficam por conta do sensor de 5 megapixels.

publicidade

Imagem exibe o Nokia 2.4, já disponível no Brasil

Ao lado de tudo isso temos 3 GB de RAM e 64 GB de armazenamento interno. Infelizmente foi mantida uma conexão micro-USB, o que em tempos de USB-C não ajuda muito enquanto a reutilização de carregadores e cabos. A boa notícia é que a Nokia/Multilaser ainda fornece o acessório na caixa do smartphone.

Outro bom ponto do dispositivo é que, mesmo sendo um produto de entrada, ele está garantido para receber os Android 11 e 12. Em pleno 2021, já se esperava Android 11 de fábrica, mas a confirmação de atualização futura para o 12 pode acalmar usuários que gostam do compromisso mais longo das fabricantes. A Nokia, aliás, tem uma boa fama nesse aspecto.

Nokia 2.4 não custa tão barato assim

Sendo assim, o mercado de celulares de entrada ganha um concorrente que seria ainda mais interessante se tivesse sido lançado a um preço mais baixo: a Multilaser cobra R$ 1.399 pelo Nokia 2.4 no Brasil, um preço que tende a cair com o passar dos meses, colocando o dispositivo em uma situação de custo x benefício melhor. Já disponível, o lançamento conta também com conectividade Bluetooth 5.0, sensor de digitais na traseira, Dual SIM e rádio FM, que hoje em dia é algo raro.

publicidade

Pelo menos até agora, o site da Nokia no Brasil ainda não foi atualizado com o novo smartphone Nokia 2.4, quem está por lá é o nosso já conhecido 2.3.