Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Mostrando que tem dinheiro de sobra para investir, a Huawei anunciou sua primeira campanha publicitária no país, com ninguém menos que a cantora Ivete Sangalo como estrela. O filme publicitário irá ao ar a partir de amanhã (25/02) na TV, em versões de 60 e 30 segundos.

Talvez algumas pessoas estranhem o desejo da multinacional em iniciar uma campanha televisionada em tempos de dificuldades no mercado ocidental, uma vez que ela não pode trabalhar com serviços Google. A estratégia da Huawei Mobile vem se concentrando localmente em comercializar smartwatches e fones de ouvido, mas o que nem todos sabem é que a empresa atua no país desde 1998, no segmento de redes e também com outros produtos domésticos.

publicidade

Por isso, o comercial — a cargo da agência FSB Publicidade — visa aproximar o consumidor da marca e mostrar como ela esteve presente no país nas últimas duas décadas. Ainda indisponível, o filme publicitário da Huawei mostrará Ivete Sangalo no passado, presente e futuro, traçando paralelos da carreira da cantora com a história da fabricante no Brasil e suas principais contribuições para o mercado local. Haverá ainda campanhas em outdoors, mídia digital, Instagram, Facebook, publicidade no YouTube e uma série web em dez episódios sobre a trajetória da marca no país.

Ivete Sangalo nos bastidores da gravação de comercial da Huawei

Uma Huawei tímida por imposição

Dura na queda, a Huawei quase ficou de fora da disputa pelo 5G brasileiro. Por pressão norte-americana o governo quase foi convencido de deixar a fabricante fora do leilão das frequências, que é adiado de forma constante. Esse é hoje o principal negócio da chinesa fora da sua terra natal, já que com uma série de restrições para usar o Android, Play Store e outros apps do Google é difícil sobreviver no mercado mobile.

É provável que a estratégia da Huawei Mobile no Brasil siga sendo a de trabalhar com vestíveis, como smartwatches e fones de ouvido, e quem sabe a parceria com Ivete Sangalo se estenda nesse sentido (ou não). A divisão de smartphones havia retornado para o país em 2019, época em que a empresa crescia meteoricamente no mercado internacional. Ela chegou a lançar os P30 Pro, P30 Lite e Nova 5T nacionalmente, e até homologou o P40 Pro. Talvez pela impossibilidade de trabalhar com os apps e serviços do Google, a Huawei ainda não lançou este último por aqui.

publicidade