Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

O modem para a próxima geração de smartphone da Apple já pode ter sido definido: o Snapdragon X60 da Qualcomm pode ser a peça responsável por conectar os modelos de iPhone 13 às redes 5G. Isso não é nenhuma surpresa, já que a linha iPhone 12 conta com o Snapdragon X55, antecessor desse modelo.

Porque a Apple não produz seus próprios modems?

Considerando que o chipset e placa gráfica dos iPhones são de fabricação própria, pode parecer surpreendente notar que o modem do smartphone também não é fabricado pela própria empresa. O acordo entre Apple e Qualcomm não foi tão pacífico, já que ambas travaram uma batalha legal por patentes de modems para smartphones durante anos.

publicidade

Nessa disputa, porém, a Qualcomm acabou vencendo por um motivo extrajudicial: maior domínio na criação de modems 5G, que a Apple planejava usar no iPhone 12. Isso fez com que a Apple desistisse do processo contra a Qualcomm, o que resultou no acordo de fornecimento dos modems, que começou em 2019 e termina apenas em 2025.

Quais as diferenças entre um modem e outro?

Com lançamentos anuais, é comum pensar que não existirão muitas mudanças entre um e outro. Por outro lado, o modem Snapdragon X60 que aparentemente fará parte do iPhone 13 representa um salto de geração. Com 5nm, dois a menos que o X55, isso significa que o modem consumirá menos bateria que o usado atualmente.

O X60 também possibilita captar dados de redes 5G de frequências mmWave e sub-6GHz simultaneamente. O padrão mmWave é usado para entregar velocidade ultra rápida, mas em curta distância, que é ideal para centros urbanos. Já o sub-6GHz não é tão rápido, mas tem abrangência maior, indicado para locais com menor densidade populacional.

Apesar de os modelos X62 e X65 já terem sido anunciados, estima-se que eles equiparão os iPhones de 2022. Porém, espera-se que os modems para smartphones da Apple sejam fabricados pela própria empresa a partir de 2025, quando o acordo chegar ao fim. Para isso, a Apple adquiriu em 2019 toda a divisão de modems para celulares da Intel.

publicidade

Via MacRumors