Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A Samsung anunciou hoje seu mais novo processador para wearables, o Exynos W920, o primeiro da indústria para esse tipo de acessório com minúsculos 5nm. Também já foi revelado qual será o primeiro produto da marca a carregar o chip, e será o Galaxy Watch 4, smartwatch que virá em dois modelos e já teve suas especificações vazadas.

Obviamente, o Exynos W920 não ficará limitado aos smartwatches da sul-coreana. Um dos indícios disso é que ele foi anunciado um dia antes do evento Galaxy Unpacked, no qual a empresa deve apresentar seus smartphones Galaxy Z Fold 3 e Z Flip 3, bem como outros produtos (inclusive o próprio Galaxy Watch 4). O evento está marcado para acontecer amanhã (11/08) e já ganhou até um trailer.

publicidade
Wearables com mais bateria

Uma das vantagens que os 5nm trazem para o novo processador Exynos W920 da Samsung é que com esse tamanho reduzido, os wearables ganham espaço para baterias maiores e com maior duração. E a estrutura do SoC foi pensada justamente para aproveitar esse espaço extra para bateria, já que ele possui dois núcleos ARM Cortex-A55 que garantem alta performance e economia de energia.

Imagem do processador de 5nm Exynos W920 voltado para wearables

Imagem do Exynos W920 (Divulgação/Samsung)

Para o processamento gráfico, o Exynos W920 comporta uma GPU ARM Mali-G68 que oferece um acréscimo de 20% na capacidade de processamento dos wearables, bem como um aumento de até dez vezes no processamento gráfico dos acessórios.

Essas configurações fazem do processador compatível com tela always-on, conexão 4G e sistema GNSS para localização e posicionamento durante as atividades fitness. Porém, a maior novidade no quesito compatibilidade anunciada para o SoC é quanto ao sistema operacional. O Exynos W920 deve rodar o novo SO que está sendo desenvolvido em parceria entre a Samsung e o Google, uma fusão do Tizen (da própria fabricante) com o WearOS. O sistema operacional deve estrear no Galaxy Watch 4 e, assim, pode ser apresentado também no evento Galaxy Unpacked, que acontece amanhã (11/08).

publicidade