Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A junção dos sistemas Tizen e WearOS, que será implementada nos novos Galaxy Watch 4, dará aos usuários dos relógios inteligentes da Samsung a possibilidade de contar com o Google Assistente e o Bixby (assistente da Samsung) em um mesmo acessório. Até hoje, o Wear OS oferecia somente o Google Assistente como “companheiro” nos smartwatches que utilizavam o sistema, mas isso está para mudar.

Segundo o tipster conhecido no Twitter como Snoopy (@_snoopytech_), tanto o Bixby quanto o Google Assistente estarão disponíveis para quem comprar os modelos do Galaxy Watch 4, que serão revelados ao mundo no próximo dia 11 de agosto. A questão que ainda permanece é a respeito de como eles serão incorporados.

publicidade

O tema surgiu como dúvida porque ambos têm modos semelhantes de serem ativados. O Google Assistente se inicia em relógios com WearOS quando a coroa é pressionada longamente ou por voz, enquanto o Bixby ganha vida nos smartwatches com Tizen após o botão inferior ser apertado por um tempo superior a 3 segundos. Lembrando que passar um deles para o botão superior não é uma solução, já que ele é reservado para o Samsung Pay.

publicidade
Como fazer?

Segundo a equipe de APK Insight do 91Mobiles, foi encontrada dentro do app WearOS uma referência a um pacote de assistentes alternativos ao Google Assistente, que pode envolver até mais do que o Bixby no Galaxy Watch 4. Rotulado como “com.google.android.wearable.alternate_assistant”, ele não chegou a ser testado, mas sua simples presença indica que o smartwatch deverá abrir as portas para assistentes de terceiros rodando no WearOS.

Entre esses outros assistentes, poderia estar incluída, por exemplo, a Alexa, da Amazon, hoje presente no Fitbit. Essa, no entanto, ainda é apenas uma especulação de momento, movida pela empolgação da descoberta de que o Galaxy Watch 4, com as novidades do WearOS, poderá, enfim, trabalhar com ferramentas como Google Assistente e Bixby em um mesmo acessório.

Via GSM Arena

Imagem: Pexels/Pixabay/CC