Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

O YouTube está testando um novo recurso para facilitar a vida dos usuários, uma forma de acelerar a prévia de vídeos para frente ou para trás. Na versão 16.31.34 do aplicativo do YouTube para Android, alguns usuários estão notando a presença de um novo controle flutuante. Já há um atalho para avançar ou retroceder vídeos: basta dar dois toques em qualquer uma das laterais do player. Ou então simplesmente arrastar a bolha vermelha na linha de reprodução ao tempo desejado.

Captura de tela do controle deslizante do YouTube

Reprodução: FragmentedChicken/Reddit

O novo controle flutuante, porém, aparece no YouTube quando o usuário pressiona um ponto do vídeo. Uma bolha cinza surge, podendo ser arrastada para trás ou frente para mudar o momento do conteúdo. O usuário só precisa deslizar o dedo após dar o toque longo na tela para conduzir a reprodução.

publicidade
Testes restritos

Com o controle flutuante, tudo indica que o YouTube está prestes a ganhar um novo recurso de praticidade e acessibilidade. Isto poderá poupar esforços de quem usa o smartphone com uma mão. Mas por enquanto, o Google escolheu um grupo seleto de usuários para testar a função. Mesmo aqueles que atualizarem agora para a versão mais recente do app ou entrarem para o programa beta poderão não encontrar o recurso disponível.

Vale lembrar, outras novidades do YouTube incluem testes de um plano Premium intermediário e novas ferramentas para o Shorts — seu rival para o TikTok. No momento o controle flutuante não foi verificado no iOS. No SO da Apple, a novidade mais recente do Google envolve o modo escuro para o Google Maps.

Além disso, o YouTube parece preocupado em tornar a plataforma mais rentável para criadores de conteúdo Afinal, TikTok, Instagram e Twitch competem por influencers que podem trazer mais usuários.

Via Android Police

publicidade

Imagem: 5/15 WEST/iStock