Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Após muito mistérioe um adiamento — o primeiro produto da nova companhia de Carl Pei foi lançado. O Nothing Ear 1 é um fone Bluetooth True Wireless que se destaca, inicialmente, pelo seu visual: é possível visualizar suas entranhas devido ao corpo transparente (incluindo o case) — algo que foi tendência nos anos 2000 com consoles de videogame, por exemplo.

O Nothing Ear 1 aposta em um design de haste longa, pesando 4,7 g por plugue. Esta opção de design lembra os AirPods, e se afasta dos Galaxy Buds — que compactam todo o hardware em um formato redondo que fica todo no ouvido. Como a maioria dos fones intra-auriculares do mercado, ele acompanha três bicos de silicone para melhor adaptação ao canal auditivo do comprador.

publicidade

Imagem promocional do fone de ouvido Nothing Ear 1

Por dentro, o fone de ouvido se sobressai quando falamos de autonomia: com o cancelamento ativo de ruídos desativado, ela dura até 34 horas de reprodução graças ao seu case carregador — que é carregado por cabo USB-C ou sem fio— que pode prover cinco ciclos de energia. Com o isolador de som ambiente ativado, a duração é de até 24 horas. Individualmente, cada fone alcança 5h40 e 4h de autonomia longe da capinha, nestes respectivos modos.

Imagem promocional do fone de ouvido Nothing Ear 1

Com tecnologia Bluetooth 5.2, o Nothing Ear 1 tem também certificação IPX4, o que significa boa proteção para respingos. Seus drivers visíveis possuem 11,6 mm, e ele oferece três microfones embutidos em cada plugue para o funcionamento da ferramenta Clear Voice, que promete isolar a voz do usuário quando receber ou efetuar alguma chamada.

publicidade
Sem Hi-Fi

Ainda falamos de um fone de ouvido que não traz suporte a música Hi-Fi — algo que vem se tornando tendência em smartphones, mas difícil de ser implementado em fones Bluetooth pelas limitações de banda de dados. Produtos com este suporte tendem a custar muito caro, como o Sony WF-1000XM4. O Nothing Ear 1 custa US$ 99 (R$ 512 em conversão direta hoje, 27/07). Isso é menos que JBL, Samsung, Apple, Beats e outras cobram mesmo em seus fones TWS mais básicos.

Imagem promocional do fone de ouvido Nothing Ear 1

As vendas do Nothing Ear 1 começam em 31/07 exclusivamente no site da companhia, e a partir de 17/08, o dispositivo poderá ser encontrado em 45 países através de parceiros de vendas que serão divulgados futuramente. Vale lembrar que a companhia de Carl Pei comprou a finada Essential — e no futuro poderá apresentar ao mercado um smartphone. Será que ele também será transparente?

Via Next Pit