Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A briga entre chinesas na Índia promete esquentar na próxima semana — e isto é interessante, pois pode respingar em todo o mercado, incluindo o Brasil. Pouco depois da OnePlus confirmar o lançamento do Nord 2, parece que a Poco resolveu reagir. A empresa da Xiaomi marcou o lançamento do seu esperado Poco F3 GT para o dia 12/07, ou seja, um dia depois da rival.

Previsto para chegar com o processador MediaTek Dimensity 1200 e conectividade 5G, o Poco F3 GT deve contar também com um sistema aprimorado de refrigeração. Esta é uma dica dos seus recursos gamers, que incluiriam também painel AMOLED de 6,67 polegadas com 120Hz de taxa de atualização adaptativa. Além disso, a tela seria compatível com HDR10 e teria 10 bits de cores. Pelas especificações, vemos que ele é muito parecido com o Redmi K40 Gaming, um celular lançado no mercado da China.

publicidade

publicidade

O sistema de som seria compatível com Dolby Atmos, e feito pela tradicional empresa JBL. É previsto que a traseira traga tecnologia que reduz marcas de impressões digitais. Não chega a ser uma grande inovação como a Vivo promete com o S10 Pro e sua carcaça detectora de luz UV — mas é algo similar ao que a Apple pode esta fazendo com o iPhone 13.

Já sobre câmeras, o lançamento do Poco F3 GT deverá confirmar um conjunto triplo na traseira. A principal com 64 megapixels, e ainda lentes ultra-wide e macro. Além disso, a bateria seria uma de 5000 mAh, com suporte a carregamento rápido bem acima da média: 67W.

Poco x OnePlus

Coincidência ou não, o Poco F3 GT terá lançamento na Índia um dia após o OnePlus Nord 2. Dessa forma, ambos utilizarão o chip da MediaTek mencionado, e até os aspectos de câmera serão idênticos — tirando a resolução.

Grande mistério sobre ambos é a faixa de preço, mas em um mercado extremamente competitivo, ele precisa ser baixo. Enquanto a recém-fundida com a Oppo não trabalha no mercado brasileiro, a linha Poco é representada oficialmente no país e inclusive recebeu o (salgado) Poco F3 regular. Será que o novo modelo chega também? Torcemos para que seja o caso.

Via Tech Radar