Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A LG Electronics anunciou há meses que não fabricará mais celulares e deixará o concorrido segmento. Mas as mais de 400 lojas espalhadas pela Coreia do Sul podem continuar ativas, só que vendendo dispositivos da Apple, entre eles, obviamente, iPhones. Foi isso o que uma reportagem do site Business Korea revelou nesta quinta-feira (17/06).

De acordo com a matéria, as direções da fabricante sul-coreana e da empresa americana estão em conversas avançadas para firmar uma parceria que permita a comercialização destes produtos nas lojas LG Best Shop. Alguns pontos da conversa, no entanto, seguem gerando discordância e, por conta disso, o martelo não tem uma data para ser batido.

publicidade
Os entraves

O ponto fundamental do negócio, pelo menos na visão da LG, é que os empregos dos vendedores, que estariam ameaçados, seriam mantidos, mesmo com as lojas se dispondo a vender iPhones e alguns outros produtos da Apple. Esse é justamente um dos entraves para a negociação ser selada rapidamente.

De acordo com o Business Korea, a Apple pretendia colocar dentro de cada LG Best Shop um estande próprio, com funcionários distintos, vendendo iPhones e demais produtos da marca. Pelo menos até a LG encerrar efetivamente as vendas de celulares, o que, segundo a reportagem, acontecerá em julho. A empresa já começou até a vender as poucas unidades produzidas do Rollable e do Velvet 2 para funcionários da própria fábrica, para acelerar o fim do estoque.

Um outro ponto que vem gerando discórdia é em relação a abrangência da iminente parceria. Enquanto a Apple quer colocar iPhones, iPads, Apple Watches e até os modelos iMac e MacPro nas lojas, da LG insiste em não vender computadores e notebooks enquanto tiver sua linha própria. Um funcionário da LG chegou a dizer que “nada está decidido ainda”, mas, a princípio, as lojas deverão mesmo disponibilizar somente iPhones, iPads e Apple Watches junto dos produtos da própria marca.

Via 9to5Mac

publicidade

Imagem: Vadim/iStock