Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Já faz algum tempo que a Huawei não pode mais usar versões atualizadas do Android em seus smartphones. Para não depender mais do Google, a chinesa lançou o HarmonyOS, seu próprio sistema operacional. Ou foi mesmo? um vídeo mostra que o novo OS dos aparelhos da marca é bem parecido com a EMUI, a interface personalizada do Android feita pela Huawei. E, pelo vídeo, o sistema novo não só é esteticamente quase igual, mas o antigo parece ter desempenho melhor.

publicidade

O HarmonyOS parece ter exatamente as mesmas funções do EMUI. A versão do Android abre os aplicativos de forma mais rápida, claramente. Mas é importante destacar que o vídeo compara um OS ainda em desenvolvimento com um finalizado. Além disso, os smartphones são de modelos diferentes, o que pode influenciar no desempenho.

O responsável pela gravação explica que os apps nativos dos celulares da Huawei abrem de forma mais rápida no HarmonyOS. A empresa ainda desenvolve a compatibilidade com muitos dos aplicativos mostrados no vídeo. Considerando a semelhança, talvez o HarmonyOS não seja um sistema completamente novo, mas sim uma versão personalizada do Android, assim como a EMUI. A Huawei ainda não deu muitos detalhes sobre como isso vai funcionar.

Recentemente, um teste publicado pelo usuário Digital Chat Station, famoso por seus vazamentos voltados para o mercado mobile chinês, revelou que o HarmonyOS consome menos bateria do que o EMUI. Em ambos os aparelhos, o usuário tentou abrir alguns aplicativos e rodou dois jogos famosos na China: King of Glory e Game for Peace. O desempenho no consumo de energia foi melhor no modelo com o novo OS.

Por enquanto, o HarmonyOS ainda não foi lançado de forma oficial para os smartphones da empresa, mas já está em testes e a expectativa é de que isso ocorra ainda esse ano. O sistema já era usado em televisões e smartwatches desde 2019. A Huawei pretende que todos os seus futuros aparelhos sejam lançados com o novo sistema operacional, bem como tem planos para aplicá-lo em 300 milhões de smartphones pelo mundo.

publicidade

Via GSM Arena

Imagem: Runrun2/Shutterstock