Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Os sensores 3D TOF (time-of-flight) foram implementados nos smartphones Galaxy em 2018. O módulo, que mede distâncias a partir do tempo que a luz leva para atingir os objetos, permite (quando funciona) maior precisão na aplicação de efeitos em profundidade e realidade aumentada em fotografias. No entanto, a Samsung deixou de adicionar o recurso nos modelos S21 e, segundo um relatório da ET News, a sul-coreana vai manter a ausência no S22.

De acordo com a publicação, a Samsung removeu os sensores TOF do Galaxy 21 após não encontrar “vantagens claras” em fotos com o sistema. Além disso, não houveram muitas críticas de usuários sobre a falta do componente.

publicidade

No entanto, a Samsung chegou a considerar a volta dos sensores após a Apple implementar a tecnologia no iPhone 12, mas, acabou optando por manter, pelo menos, mais uma geração de seu flagship sem o módulo 3D.

Mudança mantida

A função do sensor é medir a profundidade da cena usando uma luz infravermelha que reflete no fundo e é devolvida para a lente. Essa luz é invisível aos olhos humanos, mas é capaz de medir a distância entre os objetos fotografados e o fundo. O recurso é usado principalmente para efeitos de desfoque, mas também auxilia no uso de filtros 3D como do Instagram (aqueles que inserem um objeto virtual em cena). Modelos com o sensor frontal também podem contar um sistema de desbloqueio facial mais seguro, semelhante ao adotado nos smartphones da Apple.

O documento ainda ressalta que a Samsung não tomou uma decisão em relação aos sensores TOF no Galaxy S23 e que vai avaliar após à resposta do público em relação as fotos do Galaxy S22. O recurso também esteve presente nos modelos de 2019 da linha Note, no A80 e em outros dispositivos da marca.

publicidade

A Samsung ainda pode compensar a ausência do recurso com uma parceria com a Olympus. A sul-coreana está conversando com a empresa para um acordo moldes do firmado entre a OnePlus e a Hasselblad. A intenção da empresa sul-coreana, segundo os leakers, é aprimorar ainda mais as lentes dos próximos Galaxy S22 e do dobrável Z Fold 3.

O leaker Yogesh postou em sua conta no Twitter que o status atual das conversas para a parceria entre Olympus e Samsung “não está claro”, mas que elas existem e são, sim, voltadas para as próximas séries “S” e “Z”

Os dois dos principais flagships da fabricante de celulares, que neste ano já mandou ao mercado o badalado Galaxy S21.

Via Android Authority