Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Não é novidade que a Xiaomi está se preparando para voltar ao mercado de tablets após três anos de ausência, mas ninguém esperava que o Mi Pad 5 fosse se tornar “um grande lançamento” (literalmente, ao menos no que diz respeito ao tamanho da tela). De acordo com as últimas informações, o novo tablet da Xiaomi será bem maior do que o Mi Pad 4 e do que o Mi Pad 4 Plus.

Um vazamento do Digital Chat Station no Weibo, principal rede social da China, adiantou que o Mi Pad 5 não terá uma tela de 8 polegadas, mas sim de 11 polegadas, quase do mesmo tamanho do iPad, da Apple. E as configurações dela também prometem colocar o tablet da Xiaomi na briga com o da Maçã por um lugar no mercado.

publicidade

Entre as principais especificações da tela LCD estariam a taxa de atualização de 144Hz e taxa de amostragem de toque de 480Hz. A tela ainda teria suporte para resolução 2K e proteção Gorilla Glass 5. O chipset seria o Qualcomm Snapdragon 870, enquanto a bateria teria 10.000 mAh, tamanho que daria uma boa autonomia aos usuários do Mi Pad 5.

Discreto e leve

O tablet será equipado com duas câmeras, de 20 e 13 megapixels, respectivamente e sensor de impressões digitais montado na lateral. Além disso, o Xiaomi Mi Pad 5 também promete ser discreto e leve, com apenas 8,13 mm de espessura e peso estimado de 510 gramas. A ideia, segundo os leakers de plantão, é que ele saia pronto para trabalhar na tecnologia 5G e saia rodando a interface MIUI For Pad.

Há rumores também de que a Xiaomi estaria preparando uma versão Pro do Mi Pad 5, com o mesmo tamanho de tela e configurações praticamente idênticas, mas uma diferença: sai o Snapdragon 870, entra o Dimensity 1200, top de linha da MediaTek, fabricante rival da Qualcomm. A oficialização da Xiaomi está prevista para acontecer na próxima segunda-feira (29/03), data em que a fabricante pode anunciar outros produtos, como o flagship Mi 11 Lite, em suas versões 4G e 5 G.

Via Playful Droid

publicidade

Imagem: ADMC/Pixabay/CC