Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Uma batelada de informações recentes aponta para a Apple entrando no mercado de carros elétricos. Em tese, o frisson da área de tecnologia devia se estender para a de automóveis. Parece que não: o CEO da Volkswagen, maior montadora do mundo, comentou sobre a Apple, dizendo que não está preocupado com a entrada da gigante de Cupertino no seguimento.

Herbert Diess, presidente executivo da companhia alemã, disse em entrevista para o jornal Frankfurter Allgemeine Zeitung que o setor de carros é mais arriscado do que o mercado que a empresa americana está acostumada a lidar. “A indústria automobilística não é um setor de tecnologia típico que você poderia assumir com um único golpe”, disse. “A Apple não vai administrar isso da noite para o dia.”

publicidade

Apesar disso, Diess reconheceu que o interesse da Apple em carros elétricos faz sentido levando em consideração a experiência da empresa no desenvolvimento de baterias: “Ainda assim, não temos medo”.

Apple Car

Por enquanto não há uma previsão muito precisa de quando o veículo elétrico da Apple pode ser lançado. Tudo indicava para uma parceria entra a fabricante do iPhone e a Hyundai para fabricação em 2024, mas informações recentes sugerem que o negócio entre as duas companhias pode não acontecer.

Como disse o CEO da Volkswagen, o interesse da Apple no setor parece realmente ter sido motivado pela bateria, que será produzida no modelo E-GMP, de acordo com o analista Ming-Chi Kuo. O resto do carro seria produzido em uma fábrica da Kia, subsidiária da Hyundai, agora isso é incerto.

Os veículos baseados em baterias E-GMP apresentam algumas características interessantes sobre seu desempenho. São eles: conseguem percorrer 500 km com a bateria cheia; carregam de 0 a 80% da energia em 18 min com carregamento rápido; têm uma aceleração de 0 a 100 km/h em 3,5 segundos.

publicidade

O projeto também deve contar com o sistema LiDAR para aumentar a segurança e reduzir o risco de colisões. Outras informações também sugerem que a Apple está interessada em produzir um veículo autônomo, voltado para serviços de entrega, e não para usuários comuns.

Via Reuters