Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A HMD Global parece estar mesmo focada em mandar ao mercado celulares acessíveis em 2021 e, após revelar as especificações do basicão Nokia 1.4, agora está preparando o sucessor do 2.4 para chegar aos mercados de todo o mundo, começando pelo da Índia. Apesar de não ter o nome revelado, o smartphone de entrada pode se chamar Nokia 2.5. A relação pode ser feita por conta do código que o novo celular está registrado no site Bluetooth SIG (grupo de empresas que criou o padrão de tecnologia sem fio Bluetooth), que é parecido com o do modelo anterior. Além disso, o site revela algumas das primeiras especificações.

Enquanto o Nokia 2.4 lançado em novembro no mercado da Índia é listado como T99651AA1, o futuro smartphone (Nokia 2.5?) aparece na listagem com o código T99652AA1, ou seja, praticamente igual. Vale lembrar que o 2.4 já está à venda, e custa 10.399 rúpias (R$ 777, sem taxas de importação ou impostos).

publicidade
Nokia 2.5 não deve contar com 5G

Como estamos falando de um celular de entrada e, assim, bem barato para os padrões dos smartphones atuais, as especulações sugerem que o sucessor do Nokia 2.4 não terá acesso a redes 5G, assim como o atual. De acordo com as informações vazadas, ele terá suporte para Bluetooth 5.0 e, possivelmente, configurações um pouco melhores do que as encontradas no modelo lançado em novembro.

O possível Nokia 2.5 não teve maiores detalhes vazados, mas consta que será equipado com um processador MediaTek, tela com resolução HD+ e pelo menos duas câmeras traseiras. O modelo atualmente no mercado é equipado com MediaTek Helio P22, 3 GB de RAM e armazenamento interno de 64 GB, além de tela HD+ de 6,5 polegadas. As câmeras traseiras possuem 13 MP na câmera principal e 2 MP no sensor de profundidade, além da de selfie, de 5 megapixels. A bateria do modelo atual é de 4500 mAh, que pode dar até dois dias de autonomia aos usuários.

Via GizBot e Nokia Power User

Imagem de destaque: Santry/iStock

publicidade