AndroidNotíciasSamsung pode colocar câmera sob tela no Galaxy Note 21

Lucas Soares1 mês atrás6 min

A Samsung pode estar preparando uma grande novidade para a linha Galaxy Note (sim, a mesma que ia deixar de ser produzida segundo rumores). O próximo smartphone da série pode vir equipado com uma câmera sob a tela. A tecnologia, que já foi registrada em patentes da empresa, pode ser testada no Note 21 Ultra antes de chegar aos topos de linha da empresa.

Um registro de patente foi feito pela companhia no Escritório de Marcas e Patentes dos Estados Unidos em maio de 2020, mas a publicação aconteceu apenas no dia 31 de dezembro do mesmo ano. O documento sugere um dispositivo com display de tela inteira, sem nenhum entalhe ou buraco para o sensor “sair” (como já vimos em alguns modelos como o Galaxy A80, com uma câmera pop up). Isso seria possível graças a um sistema de câmera sob tela em que a Samsung já estaria em estágio avançado de produção.

A patente tem o nome de Display Device e demonstra uma tela dividida em duas partes. A primeira é a tela principal, com tecnologia convencional. A segunda, onde deve ficar a câmera de selfie, é pequena, e funciona como um recorte na parte superior do aparelho.

No espaço onde a câmera ficaria escondida o display possui uma uma transmissão de luz mais alta, podendo permitir que a lente consiga registrar fotos e vídeos sem perder muita qualidade. O texto registrado indica três equipamentos colocados nessa parte da tela: uma câmera de selfie, um flash e um sensor.

Antes de chagar no Note

Mas, antes de chegar a linha Galaxy Note, o sistema de câmera sob a tela deve ser testado em um notebook da Samsung, o moderno Blade Bezel. A função foi mostrada pela marca em um teaser no Weibo e, ao invés de uma webcam convencional, o dispositivo vai usar a tecnologia para esconder a câmera sob a tela. Em um laptop, cujo a tela é bem maior, implementar esse tipo de recurso é muito mais viável.

A patente nova para algo que já existe faz sentido. Fazer a luz atravessar uma tela luminosa sem interferência que cause perda de qualidade é um desafio. A tecnologia soa futurista, mas, quanto à realidade, a impressão não é das melhores. O ZTE Axon 20 5G foi o primeiro smartphone lançado com câmera sob a tela, mas o sistema não agradou. Usuários relataram imagens embaçadas e borradas, com qualidade bem abaixo do esperado.

O fim da linha Galaxy Note foi dado como certo por muitos rumores após a caneta S Pen, um dos grandes destaques dos modelos, passou a ser compatível com o Galaxy S21 Ultra e provavelmente com o Galaxy Z Fold 3. Com isso, a câmera sob a tela pode ser uma boa forma de manter ativa uma das linhas de smartphones mais tradicionais da Samsung.

Via PocketNow

Imagens: Framesira (Shutterstock)