AndroidAplicativosNotíciasSeparada da Huawei, Honor poderá usar serviços Google

Paulo Amaral1 mês atrás5 min

Desvinculada oficialmente da Huawei desde novembro do ano passado, a Honor está muito próxima de voltar a vender seus smartphones com serviços Google. Pelo menos foi isso o que disseram fontes do alto escalão da empresa chinesa ao jornal russo Kommersant nesta terça-feira (19/01). De acordo com a reportagem, a lojinha própria de aplicativos da Huawei (AppGallery), hoje disponibilizada nos celulares da Honor, será substituída pela Play Store e, consequentemente, pelos aplicativos do Google.

A novidade, no entanto, não será vista no próximo grande lançamento da fabricante. A série V40 da Honor foi desenvolvida enquanto a empresa ainda pertencia a Huawei. Desta forma, por causa das restrições dos Estados Unidos à companhia chinesa, os serviços do Google não estarão disponíveis para o flagship que começará a ser vendido oficialmente na próxima sexta-feira (22/01), com muitas novidades.

Google pode impulsionar vendas da Honor na Rússia

A Honor chegou a ter uma participação significativa no mercado de celulares da Rússia antes de sofrer com as sanções dos Estados Unidos e perder os serviços do Google. Em 2019, tinha uma fatia de 24,6% das vendas totais, número que caiu para 21% um ano depois e para 15% no último mês de 2020. “Por trás da queda acentuada na demanda pela marca está não apenas a proibição dos serviços do Google, mas também a escassez de suprimentos e a redução do marketing, explicou Pavel Vyukov, diretor do departamento de Comunicações Móveis e Casa Inteligente da Marvel Distribution”.

De acordo com Eldar Murtazin, analista do Mobile Research Group e especialista em mercado, a volta dos serviços do Google para os futuros celulares da Honor fará com que o interesse da população local pelos smartphones da marca volte a crescer. Ele alertou, no entanto, que a Honor poderá cometer um erro de estratégia se simplesmente abandonar a AppGalery em detrimento do retorno da Play Store. Segundo ele, “não é necessário escolher apenas uma”, pois isso impactaria diretamente nas receitas da empresa.

Via Kommersant
Imagem: Tony Webster/Flickr