Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Depois de uma longa espera, a Samsung lançou hoje seu novo processador Exynos 1080 para flagships, que é fabricado no processo de 5nm e conta com uma CPU com núcleos Cortex-A78, lançados há alguns meses pela ARM. A GPU é uma Mali-G78, também apresentada pela ARM ao lado do Cortex-A78. A empresa conseguiu o feito no ano passado, e agora finalmente teremos o processador chegando ao mercado.

Um processador de respeito

Esse chip octa-core tem um núcleo Cortex-A78 otimizado para desempenho, rodando a 2,8GHz, e três deles otimizados para processamento, com velocidade de 2,6GHz. Completam o processador do Samsung Exynos 1080 quatro núcleos Cortex-A55, otimizados para duração da bateria, rodando a 2,0GHz. O processador tem suporte a memória RAM LPDDR4x e LPDDR5, além de armazenamento UFS 3.1.

publicidade

A Samsung também destaca o poder de processamento do novo chip, da sua NPU (Neural Processing Unit) e do seu DSP (Digital Signal Processor). Com eles, o Exynos 1080 chega a 5,7 trilhões de operações por segundo, e assim, pode dar conta de aplicações de AI sem maiores problemas, de acordo com a Samsung.

Conectividade 5G mmWave e sub-6GHz, Wi-Fi 6 e Bluetooth 5.2

Além disso, o Exynos 1080 também conta com um modem 5G integrado com suporte a redes 5G mmWave e sub-6GHz, com velocidades de download de até 5,1Gbps, segundo a Samsung. Por falar em conectividade, o Exynos 1080 tem suporte a Bluetooth 5.2 e Wi-Fi 6.

Exynos 1080 da Samsung

Processador FinFET EUV de 5nm

O processador é feito no processo FinFET (Fin Field-effect Transistor) com a litografia EUV (Extreme Ultraviolet). A tecnologia FinFET monta os transistores em estruturas 3D, uns sobre os outros, otimizando ainda mais o espaço. Dessa forma, aumenta a eficiência do chip em energia. Por exemplo, em uma comparação com o FinFET de 7nm, o novo processador de 5nm oferece 20% de economia no consumo de energia e 10% de melhoria em desempenho. Os cinco nanômetros (5nm) em questão se referem a distância entre os transistores, quanto menor, menores serão os processadores, e , mais espaço disponível para transistores no processador.

publicidade
Telas de 144Hz e câmeras 4K 10-bit

Com o processador, poderão ser criados smartphones com telas com HDR10+ e taxa de atualização de 144Hz. Ele também tem suporte a câmeras de até 200 megapixels, com conjuntos de até 6 câmeras. Além disso, as câmeras também vão poder gravar vídeos 4K em 10-bit, uma bela diferença em relação a vídeos gravados em 8-bit.

Vivo X60 deve ser o primeiro a contar com o Exynos 1080

O novo processador da gigante coreana deve ser a alma dos próximos flagships da empresa, que como sempre, também lança modelos com processadores Qualcomm para mercados como os dos Estados Unidos. Além disso, a Samsung vai fornecer o chip para outras empresas. Assim, o primeiro smartphone a ser lançado com o Exynos 1080 deve ser o Vivo X60 da Vivo Global.