Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A Apple foi a primeira fabricante de smartphones a lançar uma biblioteca de jogos sob assinatura para dispositivos móveis, o Apple Arcade, exemplo logo seguido pelo rival Google. O Apple Arcade foi um dos primeiros investimentos da empresa em serviços — algo que se mostrou lucrativo — e está batendo a marca de 200 jogos disponíveis.

O Google Play Pass tem muitos mais títulos disponíveis, mas não dá para comparar os serviços. Enquanto o Play Pass mistura games com software em geral, a proposta do Apple Arcade é exclusivamente voltada para jogos. A companhia inclusive consegue fechar alguns acordos de exclusividade temporária que permitem aos usuários do iOS, iPadOS e tvOS jogatinas exclusivas. O preço dos serviços é o mesmo: R$ 9,90 mensais. E cada um só pode ser aproveitado no seu próprio ecossistema.

publicidade

A marca de 200 jogos do Apple Arcade foi alcançada com a adição de novos jogos nesta semana, como Super Leap Day, Super Stickman Golf 3+, e Monster Hunter Stories+. Claro, muitos lançamentos são para aumentar o número do catálogo. A empresa compensa isto fechando acordos com grandes títulos. Alguns exemplos são Sayonara Wild Hearts, Sonic Racing, Neo Cab, The Pathless, e mais recentemente o remake de Angry Birds.

Apple Arcade avança, mas nuvem empaca

Vale lembrar, enquanto expande o catálogo do Apple Arcade, a empresa continua com duras regras para companhias que desejam publicar games via nuvem na App Store. Por isto Google, Microsoft e mesmo o Facebook optaram por web apps para disponibilizarem suas plataformas nos iPhones e iPads.

Aos interessados no Apple Arcade e seus 200 jogos, os primeiros 30 dias são grátis. É possível assiná-lo de forma anual (R$ 100) e economizar duas mensalidades. Quem levar mais serviços da empresa, pode optar pelo Apple One e economizar em um pacote que inclui Arcade, Music, iCloud e outros.

Via Mac Rumors

publicidade

Imagem: mikkellwilliam/iStock