Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A Amazon revelou nesta quarta-feira (21/07) que vai atualizar a assistente virtual Alexa para que outras empresas passem a desenvolver aplicativos para o seu sistema. Com a mudança, devemos ver novos widgets surgindo para as smart speakers Echo Dot, além de serviços de outras empresas vinculados aos comandos de voz da empresa.

O anúncio foi feito pelo vice-presidente da Amazon Alexa Skills, Aaron Ruberson, durante um evento exclusivo para desenvolvedores. De acordo com o executivo, além dos novos widgets, a Amazon também adicionará novas interações de voz para a assistente virtual.

publicidade

De acordo com Ruberson, a Alexa ganhou novas APIs que aprimoram a interação de pedidos de comida via delivery pelas Echo Dots, além da função Enviar para o Telefone, que permite iniciar alguma experiência na assistente virtual e transferir a execução para a tela do seu smartphone.

Além disso, os desenvolvedores de aplicativos também poderão vender produtos e serviços pela Alexa. A ideia é que a comunidade de programadores passe a criar novas habilidades para a assistente virtual, expandindo as suas funções para coisas mais complexas do que apenas acender as luzes de casa, acionar dispositivos ou responder perguntas. De acordo com a empresa, poderá ser cobrada uma taxa de até 10% do valor da compra concretizada pelas Echo Dots.

Expansão em dispositivos

Ainda de acordo com a Amazon, teremos novos dispositivos compatíveis com o sistema da Alexa em breve no mercado. Além das Smart TVs da Samsung e da LG, que já possuem modelos compatíveis com a assistente, a empresa anunciou que a Samsung lançará uma geladeira smart que funcionará simultaneamente com a Bixby e a Alexa.

Para que esta expansão aconteça, a Amazon divulgou o Alexa Custom Assistant, uma plataforma aberta que permite que as marcas criem o seu próprio assistente virtual com a inteligência artificial da Alexa. De acordo com a empresa, uma das primeiras empresas a adotar este OS em um dispositivo smart será a operadora de telefonia americana Verizon que o utilizará em um smart speaker próprio.

Via The Verge

Imagem: Brandon Romanchuk/Unsplash