Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Contrariando a tendência, e conforme já havia sido levantado, o OnePlus Nord N200 5G só vai receber uma atualização de sistema operacional. É uma desagradável surpresa em meio a tantas mudanças ocorrendo no universo da OnePlus, tendo como centro dos holofotes sua fusão com a Oppo.

Como uma forma de “diminuir” o impacto negativo dessa situação, o Nord N200 terá três atualizações de segurança (sem detalhes ou informação sobre a frequência das atualizações). O que já é mais do que as gerações anteriores dos telefones da OnePlus recebiam, como no caso do Nord N100 da nossa imagem de destaque. Para muitos, uma melhoradinha de leve, que não deixa de ser importante, já que inclui pequenas atualizações da OnePlus, bem como patches de segurança. Porém, deixa a desejar.

publicidade
Fusão com a Oppo ainda é vista como forma de agilizar atualizações

Não só pelas afirmações de Pete Lau, CEO da OnePlus, as impressões de analistas do mercado de smartphones são de que a empresa será beneficiada ao ter acesso ao P&D da Oppo, inclusive (e aqui no caso, principalmente) junto a atualizações mais rápidas. Os analistas citaram a possibilidade de uma mescla entre as empresas na atuação no segmento médio/premium, onde figuram séries como a do próprio Nord N200 5G. Aparentemente, o celular não será o primeiro a ver uma melhoria tão expressiva nesse sentido.

A confirmação de agora do que já era (até certo ponto) esperado pode ser um balde de água fria reforçado para aqueles que tanto aguardam o início da comercialização do celular intermediário. Em vias de ser lançado nos EUA, após certificação FCC, o preço do Nord N200 5G poderá ser por volta dos US$ 240 que, desconsiderando diferenças de impostos e taxas, equivalem a R$ 1.202, aproximadamente. Fica a expectativa da desolação do usuário por não ver pelo menos duas atualizações a mais para o Android (e consequentemente para sua interface OxygenOS, baseada no sistema operacional do Google) ser amenizada por ter em mãos, a partir do final deste mês, um celular que valha a pena.

Via GSMArena

publicidade