Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

O recente anúncio feito por Pete Lau, CEO da OnePlus, sobre a fusão de sua empresa com a Oppo começa a ganhar contornos mais claros sobre como as empresas devem atuar no mercado. Outra informação revelada por Lau é de que a OnePlus vai seguir atuando como marca independente e isso significa que seu sistema operacional OxygenOS será mantido.

A informação foi divulgada pela equipe do portal MySmartPrice que conseguiu contato com o CEO da OnePlus. A resposta de que a marca vai manter seu sistema operacional pode se justificar pelo fato de que, como os celulares das duas empresas passarão a ter tecnologias de hardware similares, o diferencial dos produtos seria o que eles oferecem enquanto experiência ao usuário, principalmente com o sistema operacional.

publicidade

Um dos pontos marcantes da OnePlus é justamente seu OxygenOS, sistema operacional baseado em Android. O recurso é reconhecido por sua capacidade de customização e por ser livre de apps bloatware. Também é visto pela empresa como não só como o fator que vai diferenciar as marcas, mas como uma conexão com o público consumidor que procura seus produtos justamente pelo OxygenOS.

Outros sistemas operacionais das marcas

A OnePlus também possui um sistema operacional voltado exclusivamente ao mercado chinês chamado HydrogenOS (que roda no OnePlus 8T Cyberpunk Edition), que não possui os serviços Google. A empresa anunciou em março deste ano que os celulares lançados no mercado interno não virão mais com esse sistema operacional. Os aparelhos devem assumir o ColorOS, sistema desenvolvido pela Oppo.

Apesar de não ter um anúncio efetivo sobre o assunto, tudo indica que a Oppo deve seguir também com seu ColorOS em seus produtos após a fusão das marcas.

Via 91 mobiles

publicidade