Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Vazado pela primeira vez em março deste ano, no site de certificação TENAA, o Realme X9 Pro voltou a ser assunto nesta segunda-feira (14/06), após novas informações sobre suas supostas especificações terem sido divulgadas. E elas indicam uma direção diferente a que vinha sendo comentada a respeito do futuro smartphone da marca chinesa. Pelo menos em relação ao processador.

O top de linha da MediaTek, Dimensity 1200, teria sido trocado por um chipset da Qualcomm, o Snapdragon 875, assim o modelo que vimos na semana passada (com o Snapdragon 778G) pode ser outro dispositivo, ou quem sabe uma variação do X9 Pro. Esse processador já foi testado pela Samsung no Galaxy S21 (embora não tenha sido comercializado com ele) e no Ace 3, da própria Realme. Segundo o leaker Arsenal divulgou em sua conta no Weibo, o chipset viria emparelhado com LPDDR4x RAM e espaço de armazenamento UFS 3.1.

publicidade

Outra informação vazada hoje, e que bate com o que já vinha sendo especulado, é em relação ao carregamento do Realme X9 Pro. Ele deverá ser de 65W (a mesma velocidade de carregamento do já citado aparelho que mostramos semana passada), que poderá carregar a célula de bateria de 4500 mAh em menos de meia hora. A Realme, assim como outras empresas, segue trabalhando em carregamentos acima do padrão de 50W, que pode vir a se tornar regra na China em breve.

Mais configurações e preço

O amplo vazamento de informações sobre o Realme X9 Pro desta segunda-feira incluiu até o preço que a fabricante pode vir a cobrar pelo futuro smartphone. De acordo com o que foi divulgado, ele chegaria em duas opções aos consumidores e, claro, em dois preços distintos.

A variante básica, com 8 GB de RAM e 128 GB de armazenamento interno, custaria 2.699 yuans (R$ xxx, na conversão direta), enquanto a mais completa, com 12 GB de RAM e o dobro de armazenamento (256 GB) sairia por 2.999 yuans (R$ xxx). Ambas teria proteção Gorilla Glass 5 na tela e também na parte traseira, além de NFC, som Dolby e alto-falantes duplos.

O departamento de câmeras também seria igual para ambas as versões do Realme X9 Pro. Ele seria composto por uma câmera de selfie de 32 megapixels, presente na tela de 6,55 polegadas super AMOLED, além de três lentes traseiras, comandadas por uma Sony IMX766, de 50 MP, uma ultrawide de 16 MP e um sensor P&B, de 2 megapixels.

publicidade

Via GizBot e My Smart Price