Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Em um filão que teve como pontapé inicial o Google Stadia, diversas outras empresas tiraram seus serviços de jogo da manga. xCloud está aí, e o Amazon Luna foi anunciado seguindo esta onda. Este último, em testes em regiões selecionadas, está ganhando uma integração com Android, observada a partir do repositório de código-fonte do sistema operacional.

Foi descoberto que o controle oficial do serviço está para receber suporte oficial no SO do Google para dispositivos móveis. Ele funcionaria também via Wi-Fi, mas é possível utilizá-lo de forma cabeada via USB ou ainda por Bluetooth. A integração oficial é interessante, pois confirma que cada botão será mapeado exatamente como projetado pela Amazon.

publicidade

Há, porém, uma única diferença: o atalho para a Alexa no joystick do Amazon Luna, no Android, se comportará como um botão de gravação de partida. Enquanto esta integração deve favorecer os interessados no serviço em escala global, a realidade é que, no momento, ele está disponível apenas nos Estados Unidos.

Outros controles são compatíveis

Compatível com PCs, Mac, Fire TV, iPhones, iPads e dispositivos Android, o Amazon Luna pode ser utilizado também com controles de “concorrentes”, como os de Xbox One, PlayStation 4, ou ainda teclado e mouse em desktops e notebooks. A assinatura neste período de testes é precificada em US$ 6 (R$ 32 em conversão direta hoje, 21/05). Há o add-on do serviço Ubisoft+, que custa US$ 15 (R$ 80).

Vale lembrar, no Brasil já é possível utilizar o serviço de jogatina em nuvem xCloud da Microsoft, incluso na assinatura Game Pass Ultimate. É necessário se inscrever no programa de acesso antecipado da plataforma, que por enquanto está disponível para Android — e gradualmente chega ao iOS.

Via 9to5Google

publicidade