Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Apesar dos investimentos em tecnologias para aumentar a durabilidade dos aparelhos, nenhum celular está totalmente protegido de uma tela quebrada. Nestas horas, o acesso aos documentos, senhas e contas logadas no dispositivo pode ser um problema. Esse tutorial busca te oferecer alternativas simples para acessar e apagar estes dados, mesmo sem conseguir visualizar a tela. Vamos analisar diferentes casos, confira em qual o seu se enquadra.

O touch do celular quebrou, mas a tela ainda funciona

Quedas, falhas no sistema, contato com a água entre outros problemas podem fazer com que o dispositivo sensível ao toque do celular deixe de funcionar enquanto a tela ainda exibe imagens. Nestes casos, se você tiver um aparelho Android, acessar ou mesmo apagar os seus arquivos é mais simples do que parece. Basta ter um teclado ou mouse com um adaptador para a entrada de carregamento do seu smartphone.

publicidade

O Android reconhece nativamente a presença de teclados e mouses no seu sistema. Assim, ao plugar o acessório no dispositivo, ele permitirá que você navegue pelos aplicativos de maneira semelhante a um computador. Com isto, ainda que de maneira precária, você poderá efetuar algumas pequenas ações que garantirão a segurança do seu dispositivo.

Funciona no iPhone?

Teoricamente, sim. O iOS também tem suporte a dispositivos como mouses e teclados. De acordo com a Apple, no caso de acessórios USB-A, basta utilizar um conversor para a entrada tipo Lightining (padrão Apple) para obter a conexão.

No entanto, há relatos de usuários que não são todos os mouses ou teclados que são compatíveis com a conversão do entradas. Isto porque a carga de energia fornecida pelos adaptadores do iPhone é reduzida. Assim, pode acontecer de mouses mais sofisticados, como aqueles do tipo gamer que possuem mais de três botões e até um sistema de iluminação, podem acabar não funcionando no celular.

Aprenda a apagar os dados de um celular com a tela quebrada. Imagem: Alejandro Escamilla/Unsplash

Imagem: Alejandro Escamilla/Unsplash

Se a tela não estiver ligando, a alternativa é usar um computador para acessar (e apagar os dados). Confira abaixo como fazer isso nos diferentes sistemas.

publicidade
No Android

Se o dano causado pelo seu aparelho for além do touchpad e a sua tela não estiver exibindo imagens, o acesso aos dados do smartphone pode ser um pouco mais complicado. Mas não se preocupe, ainda é possível salvá-lo.

Tanto aparelhos Android, quanto iPhones possuem um sistema de segurança externo que permitirá reiniciar as configurações, bloquear ou mesmo inutilizar um dispositivo. Geralmente, estes recursos são utilizados quando o celular é roubado, mas também servem para esta situação.

No caso de aparelhos Android, basta abrir o Google em um navegador com o login da mesma conta de e-mail cadastrada como a principal do seu dispositivo. Em seguida, digite na barra de pesquisas algo como: “perdi o meu celular” ou mesmo “onde está o meu celular”, aperte enter.

Você será redirecionado para a página “Encontre meu dispositivo”, do Google. Desde que seu dispositivo esteja conectado em alguma rede de internet, seja móvel ou Wi-Fi, você poderá saber a localização do celular, status da bateria, além de efetuar algumas ações de segurança como ativar o seu toque, emitir uma mensagem de resgate na tela, bloqueá-lo ou limpar o dispositivo.

De acordo com o Google, uma vez que a opção de limpeza é acionada, o aparelho ficará inutilizado, pois perderá acesso à conta original do usuário.

No iPhone

Se você tiver um iPhone, o procedimento é semelhante. De acordo com a Apple, você pode utilizar um Mac ou PC com Windows para apagar todos os dados e ajustes do celular, além de restaurá-lo para as configurações de fábrica.

Para isto, basta conectar o seu aparelho ao computador via cabo e executar as seguintes ações:

Na barra lateral do Finder no Mac: selecione o iPhone, clique em Geral na parte superior da janela e clique em Restaurar iPhone.

O macOS 10.15 ou posterior é necessário para usar o Finder para restaurar o iPhone aos ajustes de fábrica. Em versões anteriores do macOS, use o iTunes para restaurar o iPhone.

No app iTunes em um PC Windows: clique no botão do iPhone próximo à parte superior esquerda da janela do iTunes, clique em Resumo e clique em Restaurar iPhone.

Use o assistente de acessibilidade

Se porventura a tela do celular quebrou, mas você pretende consertá-la ou não deseja apagar os dados imediatamente, também é possível utilizá-lo por meio de um recurso de acessibilidade, mais precisamente a assistência para deficientes visuais, disponível tanto no Android quanto no iPhone.

A lógica é basicamente a mesma, o sistema identificará os toques do usuário no aparelho e executará uma leitura do que aparece na tela. Ele funciona em duas etapas, ao tocar a primeira vez, ele reproduzirá o que está escrito na tela e, em seguida, efetuará a ação desejada.

No Android este recurso é chamado de TalkBack e pode ser acessado por meio do Assistente do Google. Basta dizer: “Hey, Google. Ative o Talk Back” e confirmar as solicitações necessárias. Você também pode ativá-lo manualmente segurando os dois botões de volumes durante o boot do aparelho.

No caso do iPhone, a função se chama VoiceOver e é basicamente a mesma coisa. Para ativá-la, basta solicitar a Siri ou então pressione o botão lateral três vezes (em casos de iPhones com Face ID), ou o botão de início (em iPhones mais antigos).

Imagem: Hardik Sharma/Unsplash