Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Ao que parece, um dos aplicativos mais populares de armazenamento e proteção de senhas vem com uma surpresinha extra: o LastPass, app gratuito para smartphones e navegadores, rastreia o usuário em sua versão de Android. A descoberta foi anunciada pela Exodus Privacy, organização sem fins lucrativos especializada em segurança digital, que encontrou não apenas um, mas sete trackers instalados no app.

Segundo o relatório, a versão 4.11.18.6150 possui quatro trackers do Google, com três desses, Analytics, Firebase e Tag Manager, voltados exclusivamente para publicidade – e o outro, o CrashHandler, para análise de funcionamento do programa. Os outros três rastreadores fazem análise comportamental de usuário, coletam dados e ajudam em estatísticas para marketing.

publicidade

A notícia já não é uma boa para os usuários, que recentemente viram o gerenciador de senhas passar a maioria de seus recursos para a versão paga. Atualmente, o LastPass só funciona gratuitamente em um dispositivo, limitando severamente uma de suas principais utilidades, que era a de sincronizar senhas em vários aparelhos.

Qual segurança devo acreditar

É bom lembrar que trackers, no melhor dos casos, não são necessariamente nefastos. Quando bem utilizados, podem identificar padrões de usabilidade a serem melhorados ou otimizar o tempo automatizando tarefas antes feitas manualmente. O problema é quando esses mesmos padrões são coletados para influenciar nas decisões do usuário – e levá-los a fazer compras, por exemplo.

A ironia do LastPass é que ele troca uma segurança por outra: o app rastreia o usuário enquanto impede ele de esquecer suas senhas. O programa sugere senhas fortes, criptografa dados bancários e até sincroniza o acesso em múltiplos dispositivos, mas em troca, oferece seus dados para empresas de marketing comportamental.

Via PhoneArena

publicidade

Imagem: Antony Shkraba (Pexels)