Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

A aparição de Elon Musk como apresentador do Saturday Night Live (SNL), no último sábado (8/5), abalou a internet. Além do quadro em que se fantasiou de Wario (e a cantora Grimes, de princesa Peach) houve a revelação de que o executivo tem Asperger. E, aproveitando o momento, alguns golpistas aproveitaram a imagem de Musk para roubar Dogecoins de usuários.

Os golpistas aproveitaram o fato de que Elon Musk é um grande apoiador da criptomoeda  para criar perfis falsos no YouTube e no Twitter oferecendo ofertas exclusivas de ganhos em cima de Dogecoins. Por meio de contas que fingiam ser a página oficial do SNL, os usuários eram induzidos a enviar pequenas quantias de criptomoedas para a verificação dos seus endereços e, sob falsa promessa, receberiam 10 vezes o valor em Dogecoins.

publicidade

O golpe teria saído melhor do que o esperado, tendo em vista que o próprio Elon Musk acabou citando as criptomoedas no monólogo de abertura do programa. Como resultado, somente no Twitter, os golpistas teriam conquistado quase US$ 100 mil (R$ 521 mil) em Bitcoins, Etherum e Dogecoins.

Golpe no YouTube

O tombo levado pelos usuários do Twitter ainda é pequeno quando comparado ao prejuízo de quem caiu nos golpes do YouTube. De acordo com um relatório publicado pelo provedor de inteligência de Blockchain TRM Labs, vigaristas teriam conquistado aproximadamente US$ 5 milhões (R$ 26 milhões) por meio de transmissões piratas do SNL na plataforma do Google.

De acordo com o relatório, os golpistas teriam criado canais falsos da NBC (emissora que transmite o SNL) e inserido links para sites exclusivos em que os espectadores poderiam visitar em troca de Dogecoins. Durante a transmissão, a seguinte mensagem era exibida na tela do programa: “Elon Musk dedicou 500 milhões de DOGE para serem distribuídos. Qualquer pessoa pode obter algum, basta visitar o site”.

Ao acessar o endereço, os usuários eram orientados a realizar alguma transação como garantia de que receberiam o dobro do valor em Dogecoins, algo semelhante ao golpe aplicado no Twitter.

publicidade

O esquema acabou sendo descoberto por um usuário que alertou a comunidade em um fórum do Reddit. De acordo com o YouTube, os vídeos foram identificados após a exibição do programa e retirados durante as primeiras horas de domingo, 9 de maio.

Impacto negativo

Além das transações, as piadas feitas por Elon Musk envolvendo Dogecoins no SNL não soaram bem entre investidores que imediatamente venderam os seus ativos. Como resultado, a cotação do Dogecoin despencou cerca de 30% após o programa.

Elon Musk até tentou reparar os danos ao lembrar seus seguidores o quanto acredita na criptmoeda destacando que, em abril deste ano, a SpaceX anunciou uma parceria com a canadense Geometric Energy para o envio de um satélite para a lua.  Esta operação seria 100% financiada com Dogecoins.

Moeda instável

Surgida como um meme, em 2013, a Dogecoin tem recebido muita especulação do mercado ao longo dos meses, chegando a valorizar 13.330% em 2021. Apesar do aumento, especialistas consideram o seu crescimento sem fundamento. Para muitos, o fato dela ter nascido de um meme e não possuir aplicação direta em mercados faz com que a sua valorização seja meramente especulativa, podendo despencar ao longo do tempo.

Quem sabe as extravagâncias de Elon Musk em torno das Dogecoins contribuam para mudar esta impressão e assegurar credibilidade para a criptomoeda.

Via Markets Insider
Imagem: Reprodução YouTube/Saturday Night Live