Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Os novos dobráveis da Samsung, Galaxy Z Fold e Z Flip 3 estão próximos de chegar e, nesta sexta-feira (07/05), detalhes vazados sobre a certificação dos dois flagships revelaram que ambos manterão a velocidade de carregamento da geração atual. E ela não será nada impressionante, numa época em que a concorrência está soltando celulares com carregadores de até 67W.

Responsável pela descoberta, o leaker Digital Chat Station postou em sua conta no Weibo, principal rede social da China, que o modelo SM-F7110, código usado para identificar o Z Flip 3 no 3C (órgão regulatório similar à Anatel) terá carregamento máximo de 15W. Já o modelo SM-9260, também conhecido como Z Fold 3, será equipado com carregador de 25W.

publicidade
Carregamento menor para bateria menor

A revelação de que o carregamento das novas gerações do Z Fold e do Z Flip 3 não será superior a 25W não chega a ser uma surpresa. Na verdade, como são smartphones dobráveis, eles serão equipados com baterias menores do que as encontradas nos flagships tradicionais, como o Galaxy S21, também da Samsung.

Por conta disso, a má notícia é que ele certamente precisará ficar mais tempo na tomada quando precisar de uma carga. O Z Flip 5G, por exemplo, é dotado de uma bateria de 3300 mAh, bem menor do que as tradicionais, de 4000 ou 4500 mAh. A velocidade de carregamento dele é de 15W, e é preciso aproximadamente 30 minutos de energia para alcançar cerca de 40% da carga da bateria, e uma hora e meia (90 minutos) para ficar com o “tanque cheio”.

O Z Fold 3, por sua vez, deverá ser menos “chato” de carregar do que o Z Flip, já que terá carregamento um pouco superior, de 25W. Se realmente seguir o padrão do antecessor, ele poderá ter 45% de carga em aproximadamente meia hora, mas levará o mesmo tempo do outro dobrável para alcançar os 100%, se estiver zerado, ou seja, cerca de uma hora e meia.

Ambos os flagships estão programados para chegar ao mercado entre junho e julho deste ano, e o lado negativo, tanto do Z Fold 3, quanto do Flip 3, é muito mais desagradável do que um suposto carregamento mais lento: os preços. Os rumores mais recentes indicaram que a Samsung cobraria alto pelos novos modelos. Para se ter uma ideia, o Galaxy Z Fold 2, por exemplo, custa no Brasil R$ 12.599 no site oficial da Samsung, em sua versão 5G. O Z Flip 5G foi anunciado no Brasil por quase R$ 9 mil, mas está indisponível na página da marca.

publicidade

Via Pocket-Lint e Android Authority

Imagem: Framesira/Shutterstock