Vida Celular

Tudo sobre os melhores celulares

Nós do Vida Celular e nossos parceiros utilizamos cookies, localStorage e outras tecnologias semelhantes para personalizar conteúdo, anúncios, recursos de mídia social, análise de tráfego e melhorar sua experiência neste site, de acordo com nossos Termos de Uso e Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.

Agora que a Samsung colocou no mercado a linha Galaxy S21 e muitos intermediários da família A, as principais informações de bastidores e vazamentos giram em torno dos seus próximos dobráveis. O Galaxy Z Flip 3 já vazou e também foi “homenageado” com ilustrações, e agora é alvo de um possível vazamento de preço.

Quando os primeiros celulares flexíveis chegaram ao mercado vimos precificação em torno dos US$ 2 mil. Não surpreendentemente os Galaxy Z Fold chegaram ao Brasil com valores acima dos R$ 13 mil. Porém, desde que o Z Flip e o Razr da rival Motorola foram lançados, vimos valores que giravam dos US$ 1.380 aos US$ 1.500.

publicidade

Ainda longe desses serem preços populares, a Samsung pode cortar o preço do Z Flip 3 para torná-lo mais acessível: segundo o insider @hwangmh01, a sul-coreana pensa em preço entre US$ 990 e US$ 1.200 para o mercado norte-americano. O cenário lá é de extrema competição, por isso a estratégia da empresa poderá diferir em países nos quais ela tem situação mais confortável.

Tendência em cortar preços?

Se a Samsung reduzir mesmo o preço do seu celular flip, isso não seria de todo inédito: com o lançamento do Galaxy S21 vimos uma retração de US$ 200 no preço de lançamento. Ele saiu a US$ 799, enquanto o Galaxy S20, do ano passado, chegou a US$ 999. Curiosamente esse corte não chegou ao Brasil, já que o flagship de 2020 foi lançado a R$ 5.499, e a nova geração teve preços iniciados em R$ 5.999.

Vale lembrar, o Galaxy Z Flip chegou ao Brasil por R$ 8.999, mas rapidamente foi derrubado para a faixa dos R$ 4 mil. Com Snapdragon 855 Plus, 256 GB de armazenamento interno e 8 GB de RAM. Mesmo se não fosse um dobrável, seu hardware já seria chamativo nessa faixa de preço. Os problemas dos smartphones flip, porém, ainda são a fragilidade das telas e a baixa autonomia de bateria, já que as “entranhas” são bem mais complexas e menos espaçosas. Será que o Z Flip 3 resolve esses problemas? É esperar para ver, já que a Samsung deverá oficializá-lo apenas no segundo semestre.

Via Phone Arena

publicidade

Imagem: Framesira/Shutterstock